Torcedor que invadiu gramado com criança no colo é proibido de ir ao Beira-Rio por dez jogos

Caso ocorreu na semifinal do Gauchão entre Internacional e Caxias

Publicado por
11:25 - 30/05/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Beira-Rio

(Foto: João Batista de Andadre/Internacional/Divulgação)

O homem que invadiu o gramado do Beira-Rio com sua filha no colo após a eliminação do Internacional para o Caxias no Gauchão, em 26 de março, está proibido de entrar no estádio por dez jogos. A medida foi definida na segunda-feira (29), em audiência no Juizado do Torcedor e Grandes Eventos (JTGE) de Porto Alegre, presidida pelo Juiz de Direito Marco Aurélio Martins Xavier.

Na ocasião, ele agrediu um repórter cinematográfico, e respondia por processo, que foi arquivado 5 de maio depois que o profissional de imprensa aceitou o pedido de desculpas e firmou composição civil com o acusado, homologada pelo magistrado.

Juiz Marco Aurélio Xavier homologou transação penal

Juiz Marco Aurélio Xavier homologou transação penal
(Foto: Juliano Verardi/Arquivo/DICOM-TJRS)

Além dele, outros quatro torcedores do Internacional, que também invadiram o Beira-Rio, tiveram a mesma suspensão decretada por Xavier. Dessa forma, em dias de jogos na casa colorada, eles deverão comparecer as delegacias.

O comparecimento deve ser comprovado ao JTGE e o descumprimento pode acarretar em processamento criminal. Dois outros acusados pelo mesmo fato terão os casos avaliados posteriormente. Todos já vinham cumprindo cautelarmente punição nos mesmos termos desde 14/4.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp