Técnico do Caxias define mata-mata aberto e ressalta confiança no acesso fora de casa

Grená ficou no empate em 1 a 1 contra a Portuguesa e vai definir sua vida no Rio de Janeiro

Publicado por
07:27 - 28/08/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
técnico do Caxias

Gerson Gusmão falou em dar confiança ao grupo durante a semana (Foto: Luiz Erbes/SER Caxias/Divulgação)

Nem mesmo a tarde fria de domingo (27) impediu que 10.305 torcedores grenás fossem ao Estádio Centenário para apoiar a equipe no primeiro jogo das quartas de final da Série D contra a Portuguesa do Rio de Janeiro. Mas, o placar de 1 a 1 impediu que o público se aquecesse. Mesmo assim, para o técnico do Caxias, Gerson Gusmão, é possível buscar o acesso no Estádio Luso-Brasileiro.

Gerson promoveu uma mudança em relação ao que foi visto contra o Ceilândia no Distrito Federal. O volante Pedro Cuiabá, que vinha sendo titular nas partidas de mata-mata, deu lugar a Elyeser. Para o treinador do Caxias, a troca se justifica pela experiência e saída de bola. Mesmo assim, o grená demorou para se encaixar em campo, principalmente pela falta de aproximação dos jogadores de frente.

“Entendo que a gente precisa ainda um pouquinho mais de movimentação, talvez o Peninha não esteja sentindo muito a vontade no setor do campo como ele já esteve em outros momentos, em outras formações, e a gente está tentando de todas as maneiras fazer um ajuste para que ele possa ser um jogador que todos nós conhecemos, decisivo como foi contra a Inter de Limeira”.

Gerson Gusmão definiu a Portuguesa-RJ como “um adversário difícil”, o que segundo ele já era esperado. Para o comandante grená, a equipe de Caio Couto é bem armada e aposta em jogadas de velocidade, o que por algumas vezes dificultou o trabalho defensivo dos donos da casa, como no lance que resultou no gol de Marcelo Toscano. Mesmo assim, o técnico do Caxias afirmou que a equipe buscará o acesso no Rio de Janeiro.

“Tá em aberto, são duas equipes que estão vivas, buscando o seu objetivo, mas o Caxias vai para o Rio de Janeiro para voltar com o acesso de lá”, e complementou. “Nós temos que passar uma convicção para os nossos atletas, que o trabalho continua e estamos a um jogo de conquistar aquilo que é o nosso principal objetivo, que é colocar o Caxias na Série C, e vamos fazer isso, a gente sabe das dificuldades, mas a gente vai para o Rio de Janeiro com confiança total de que podemos fazer mais um jogo bom, que te deixa perto da vitória, para que a gente possa buscar a classificação”.

Caxias e Portuguesa voltam a se enfrentar no próximo sábado. Após certa confusão com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a equipe do Rio de Janeiro conseguiu confirmar a partida de volta para o Estádio Luso-Brasileiro. O confronto está marcado para às 15h. Quem vencer, garantirá o acesso à Série C de 2024, um novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp