Inter vence o Grenal por 2 a 0, mas a vaga é do Grêmio

Foi um legítimo Grenal. O clássico de número 415, disputado na noite desta quarta-feira, dia 21, no Beira Rio, que…

Publicado por
00:32 - 22/03/2018

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Inter vence o GRENAL 415 mas a vaga fica com o Grêmio (FOTO: www.internacional.com.br)

Foi um legítimo Grenal. O clássico de número 415, disputado na noite desta quarta-feira, dia 21, no Beira Rio, que muitos apostavam que já não valia nada devido à larga vantagem obtida pelo Grêmio na Arena, teve todas as peculiaridades necessárias para uma decisão. O Inter venceu por 2 a 0; o Grêmio se classificou para a semifinal do Gauchão 2018.

Dentro de campo, os colorados vingaram a derrota por 3 a 0 com muita disposição e disciplina tática, adiantando a marcação e neutralizando a criação de jogadas do Grêmio, que não apareceu, em parte pelas escolhas de Renato. O Grêmio lembrou outras jornadas difíceis, como a classificação diante do Palmeiras na Libertadores de 1996.

Grêmio e Inter tiveram um início de jogo com a postura esperada: o Inter procurando se defender em sua intermediária, o Grêmio tentando impor seu jogo de toque de bola. Mas  o tricolor teve dificuldades exatamente na sua maior virtude. O meio campo formado por Jailson, Cícero e Ramiro não teve criatividade para sair da marcação e alimentar Luan, Éverton e Jael, outro que não apareceu.

Percebendo a dificuldade do adversário, o Inter adiantou a marcação pressionando os volantes do Grêmio, e se impôs no jogo. Mesmo assim, a partida seguiu semchances até os 24 minutos, quando Luan entrou na área colorada e chutou rasteiro no canto esquerdo de Marcelo Lomba, que mandou para escanteio. Como resposta, o Inter avançou com Nico Lopez no minuto seguinte e quase abriu o placar.

O gol colorado veio de um lance infantil de Bressan, que segurou dentro da área o zagueiro colorado Rodrigo Moledo. Pênalti cobrado com precisão por Nico Lopez. O jogo segue em ritmo intenso, mas sem alterações no placar até o final do primeiro tempo, depois de quatro minutos de acréscimos.

Nico López marcou de pênalti e o Inter venceu o Grenal por 2 a 0, mas a vaga ficou com o Grêmio (Foto: Ricardo Duarte, Internacional/divulgação)

Logo no início da segunda etapa, o técnico colorado Odair Hellmann coloca o atacante Brenner no lugar de Fabiano, e Renato responde com Arthur no lugar de Jael, repetindo a formação com Cícero mais avançado, que não havia produzido resultados anteriormente.

O resultado foi uma pressão intensa do Inter no segundo tempo em busca de pelo menos dois gols, o que levaria a decisão para a disputa de pênaltis. A intensidade do jogo gerou confusão. Aos 19 minutos, Gabriel Dias tem o rosto acertado por Kannemann. O árbitro Leandro Vuaden chegou a mandar o lance seguir, mas o assistente acusa a falta e Kannemann recebe cartão amarelo.

Na cobrança, D’Alessandro cobra com perfeição e acerta o ângulo esquerdo de Grohe, que nada pode fazer para evitar segundo gol do Inter. O 2 a 0 incendeia de vez o Grenal. Aos 25 minutos, Renato chama Alisson e para o lugar de Leo Moura e, dois minutos depois,  Hellmann troca Gabriel Dias pelo atacante Wellington Silva e empurra definitivamente o Inter ao ataque. Aos 39 minutos do segundo tempo Victor Cuesta sai e entra Camilo e nos acréscimos Renato faz a última alteração, fazendo entrar Michel no lugar de Éverton.

No final, o Inter recuperou a autoestima da torcida depois de duas derrotas seguidas, mas a vaga para a semifinal, que será disputada contra o Avenida, é do Grêmio.

PUBLICO E RENDA
Pagante:
 23.753
Total: 26.219
Renda: R$ 961.157

Inter: Marcelo Lomba; Fabiano (Brenner), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Gabriel Dias, Edenilson, Patrick e D’Alessandro; Nico López. Técnico: Odair Hellmann

Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Kanemann E Cortez; Jaílson, Cícero, Ramiro e Luan, Éverton e Jael. Técnico: Renato Portaluppi

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp