Inter sai na frente, mas cede o empate ao Fluminense no Maracanã: 1 a 1

Empate na estreia de Mano Menezes na casamata do time carioca aumenta para três jogos a sequência sem vitórias coloradas no Campeonato Brasileiro

Publicado por
22:30 - 04/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Inter

Foto: RICARDO DUARTE / INTER

Não houve vencedores no reencontro entre o Inter e Mano Menezes. Jogando nesta quinta-feira à noite, no Maracanã, o time colorado saiu na frente, mas cedeu o empate por 1 a 1 para o Fluminense na estreia do técnico. O resultado é ruim para o Inter, mas muito pior para os cariocas, que seguem na lanterna do Campeonato Brasileiro. A boa notícia é que neste domingo, Eduardo Coudet e seus comandados voltam ao Beira-Rio após mais de dois meses. O time retorna ao seu estádio para enfrentar o Vasco da Gama precisando de uma vitória para estancar a sequência sem vitórias.

Sofrendo com a falta de jogadores importantes, Coudet teve que montar uma escalação emergencial. O resultado é que faltou mecânica, principalmente ofensiva. Nos raros momentos que teve oportunidade de atacar, chegou com poucos jogadores, facilitando a marcação do adversário.

Além disso, sofreu com a pressão, principalmente na primeira etapa. Aos 9 minutos, Gustavo Prado errou na saída da defesa, deixando a bola para Alexsander. Ele ficou com a sobra e tocou para Cano, que chutou forte, acertando o poste. O Fluminense continuou com a iniciativa, mas saiu atrás. Aos 39, Bruno Henrique tentou um passe para Alario, a bola resvalou na defesa e sobrou para Igor Gomes. O zagueiro que atuou improvisado na lateral direita chutou de primeira, marcando um golaço.

A vantagem era imerecida e durou pouco. O Fluminense aumentou a pressão e, aos 48 minutos, Ganso experimentou um chute da intermediária. Apesar da distância, o arremate saiu venenoso, enganou Fabrício e entrou. Mais um golaço. “Estou feliz pelo gol. A gente sabia que seria um jogo difícil, mas conseguimos jogar. Precisamos ter um pouco mais de atenção para evitar esse tipo de chute”, lamentou Igor Gomes, no final do primeiro tempo.

O intervalo fez bem ao Inter. O time, ao menos, voltou um pouco mais disposto. Aos 13 minutos, após cobrança de escanteio curto, Bruno Henrique joga a bola na área e Bruno Gomes, que acabara de entrar no lugar de Gustavo Prado, desvia e acerta a trave. Mano, então, se mexeu. Colocou John Kennedy e Douglas Costa, colocando mais força ofensiva em campo.

O jogo caiu em ritmo, com ambos os times exagerando nos passes errados. Com vários jogadores sofrendo com desgaste, Coutet também mexeu no time, descaracterizando-o ainda mais. No final das contas, considerando o que ambas as equipes fizeram, foi um empate justo.

CAMPEONATO BRASILEIRO – 14ª RODADA

Fluminense: Fábio; Samuel Xavier (Guga), Antônio Carlos, Thiago Santos e Diogo Barbosa; André, Martinelli (Gabriel Pires), Alexsander (Douglas Costa) e Ganso (Renato Augusto); Cano (John Kennedy) e Keno. Técnico: Mano Menezes.

Inter: Fabrício; Igor Gomes (Hugo Mallo), Fernando, Robert Renan e Renê; Rômulo (Mercado), Bruno Henrique (Hyoran), Gustavo Prado (Bruno Gomes), Alan Patrick e Wanderson; Lucas Alario (Lucca Drummond). Técnico: Eduardo Coudet.

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima.

Local: estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.

Gols: Igor Gomes e Ganso.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp