Grêmio perde para o Flamengo e já soma quatro derrotas em seis jogos no Brasileirão

Tricolor é derrotado por 2 a 1 pelos cariocas e agora tem apenas um ponto de vantagem para a zona de rebaixamento

Publicado por
22:12 - 13/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: THIAGO RIBEIRO / AGIF / ESTADÃO CONTEÚDO / CP

No retorno ao Campeonato Brasileiro, o Grêmio não teve forças para segurar o líder Flamengo no Maracanã praticamente lotado e voltou a perder pela quarta vez na competição, a segunda seguida, agora por 2 a 1 para os cariocas. O resultado da noite desta quinta-feira liga um alerta, mesmo que outras equipes tenham jogos a mais. O fato é que a distância para a zona de rebaixamento é de apenas um ponto. No domingo, o adversário é o embalado Botafogo, na cidade de Cariacica, no Espírito Santo.

De surpresa no time de Renato Portaluppi apenas a camisa branca ao invés da tradicional tricolor no duelo contra os cariocas. Com Pavón e Galdino pelos lados somados aos apoios de João Pedro e Reinaldo, os gaúchos tiveram um comportamento agressivo na marcação a partir da defesa adversária. No entanto, mesmo com domínio das ações, as chegadas à frente praticamente não resultaram em finalizações perigosas ao gol de Rossi. Na melhor delas, JP Galvão concluiu no marcador.

Do outro lado, Tite provou do azar e da sorte no terço final do primeiro tempo quando já se obrigara a fazer duas trocas por lesão. Saíram Cebolinha e Igor Jesus e entraram Bruno Henrique e Luís Araújo. As trocas devolveram Gerson para o meio-campo e por consequência, destravaram o lado direito de ataque. Foi por ali que Luiz Araújo, pouco depois de acertar a trave, enfiou uma bucha de fora da área em chute de longe e sem chances para Rafael Cabral aos 41 minutos do primeiro tempo: 1 a 0 para o Flamengo.

Logo no início da segunda etapa, o VAR precisou intervir em lance de Kannemann em Bruno Henrique. O atacante foi tocado pelo zagueiro, mas forçou a queda e o árbitro anulou o pênalti marcado. O time gaúcho não conseguia repetir o desempenho dos primeiros 45 minutos e o Flamengo sim voltou a se encontrar. Com espaços, o jogo ficou a feitio para os donos da casa. Bruno Henrique, com conclusão por cima, e David Luiz, de cabeça no travessão, anteciparam que a vantagem mínima era apenas uma questão de tempo. Em um contra-ataque bem organizado aos 21 minutos, a bola chegou a Pedro que, com categoria, encontrou Luiz Araújo na direita. O nome da noite, desta vez com jeito e não força, fez o 2 a 0.

A partir daí praticamente o Grêmio não reagiu. Renato tentou dar fôlego novo ao time colocando Fábio, Edenilson e Carballo. Apenas Nathan Fernandez, que entrara antes, conseguiu dar trabalho aos zagueiros rubro-negros, mas sem sucesso nas iniciativas individuais. Nos minutos finais, Rafael Cabral realizou duas grandes defesas que impediram uma goleada. Nos acréscimos, Edenilson marcou de cabeça e descontou para o Tricolor. No final, 2 a 1 para o Flamengo.

FLAMENGO: Rossi, Wesley, F. Bruno, David Luiz e Léo Pereira; Léo Ortiz (Victor Hugo), Igor Jesus (Luiz Araújo) e Lorran (Evertton Araújo); Gerson, E. Cebolinha (B. Henrique) e Pedro. Técnico: Tite.

GRÊMIO: Rafael Cabral, João Pedro (Fábio), Rodrigo Ely, Kannemann e Reinaldo; Dodi, Pepê (Carballo) e Cristaldo; Pavón (N. Fernandes), Galdino (Edenilson) e JP Galvão. Técnico: Renato Portaluppi.

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP).

Local: estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.

Gols: Luiz Araújo (2) e Edenilson.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp