Em sua volta ao Beira-Rio, Inter perde para o Vasco por 2 a 1 e é vaiado

Com o resultado, time colorado completa quatro rodadas sem vencer no Campeonato Brasileiro

Publicado por
20:10 - 07/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Beira-Rio

Foto: Fabiano do Amaral

Antes de a bola rolar, teve festa e homenagens aos funcionários que ajudaram a recuperar o Beira-Rio. No jogo, porém, nada para comemorar. Em sua volta para casa, o Inter perdeu para o Vasco, ontem à tarde, por 2 a 1 e patinou no Campeonato Brasileiro. Agora, são quatro rodadas sem uma vitória sequer dos colorados na competição.

Em uma demonstração de que o Inter começa a priorizar as copas, Eduardo Coudet montou uma escalação preservando alguns de seus titulares. Na quarta-feira, o time colorado pega o Juventude, outra vez no Beira-Rio, pela Copa do Brasil.

Mesmo assim, o Inter dominou o primeiro tempo e criou pelo menos uma boa chance para marcar. Aos 18 minutos Lucca Drummond cruzou para a área e Alan Patrick chutou de primeira. O goleiro fez a defesa.

Ainda no primeiro tempo, aos 39, Rene e Rojas se chocaram de cabeça após escanteio. O lateral deixou o campo na ambulância e foi substituído. O jogo ficou paralisado por sete minutos. Renê foi levado a um hospital para fazer exames.

No intervalo, Coudet reforçou o ataque com Wanderson e Wesley. O Inter foi para cima e o gol parecia maduro, mas foi o Vasco que marcou. Após falha de Robert Renan, Adson abriu o placar aos 15. O Inter se perdeu, passou a ser vaiado e tomou mais um. Aos 26, Lyncon fez 2 a 0 usando a cabeça.

O Inter tentou reagir. Aos 34, Bustos diminuiu. Em seguida Gustavo Prado errou gol feito. Aos 48, Robert Renan acertou a trave. O Inter foi derrotado e vaiado na volta ao Beira-Rio.

CAMPEONATO BRASILEIRO – 15ª RODADA

Inter: Fabrício; Bustos, Igor Gomes, Fernando e Renê (Robert Renan); Rômulo, Bruno Henrique (Wesley), Bruno Gomes (Gustavo Prado) e Hyoran (Lucas Alario); Alan Patrick e Lucca Drummond (Wanderson). Técnico: Eduardo Coudet.

Vasco da Gama: Léo Jardim; Paulo Henrique, Robert Rojas, Léo e Leandrinho; Sforza, Mateus Carvalho, JP (Prexedes) e Adson (Rayan); Vegetti e Rossi (Erick Marcus). Técnico: Rafael Paiva.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp