Da base em Farroupilha ao sucesso na Europa, Lucas Lovat celebra tetracampeonato na Eslováquia

Aos 26 anos, lateral-esquerdo é um dos ídolos recentes do Slovan Bratislava, principal equipe do país

Publicado por
14:30 - 19/06/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Lucas Lovat foi eleito o melhor jogador de sua posição no campeonato local

Lucas Lovat foi eleito o melhor jogador de sua posição no campeonato local (Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução)

Na Europa desde 2019, o farroupilhense Lucas Lovat, 26 anos, alcançou na temporada europeia 2022/2023 um feito importante para sua carreira. O lateral-esquerdo conquistou o seu quarto título consecutivo do Campeonato da Eslováquia pelo Slovan Bratislava, e também foi o eleito o melhor jogador de sua posição no torneio. Conquistas celebradas pelo atleta, que já foca na próxima temporada pela equipe.

Nesta semana, o atleta concedeu uma entrevista exclusiva à reportagem do Portal Leouve, e relembrou alguns momentos marcantes de sua carreira. Das categorias de base no Grêmio São Luiz, em Farroupilha, ao sucesso no país europeu, Lovat segue bastante apegado as raízes. A cidade da Serra Gaúcha, inclusive, segue sendo especial para ele. Além de ser o local onde deu seu pontapé no futebol e viveu boa parte da vida, a presença de parentes faz com que seja corriqueira a vinda dela ao município serrano.

A distância do Brasil para a Eslováquia é de quase dez mil quilômetros, e foi o suficiente para que Lucas Lovat pudesse realizar o sonho de criança. Inspirado em jogadores históricos como Roberto Carlos e Marcelo, além do amigo Guilherme Siqueira, todos laterais-esquerdo, ele falou sobre a vida longe do país natal.

“Sempre sonhei em jogar na Europa, competições europeias e ter uma experiência de vida. O futebol eslovaco é de muito físico, tático. E para mim o mais curioso é jogar na neve”.

O último título conquistado pelo Slovan Bratislava, principal equipe do futebol eslovaco, veio após vitória por 2 a 1 Baská Bystrica ainda na metade de maio, e deu o tetracampeonato consecutivo do país. Essa taça foi fundamental para colocar Lovat entre os ídolos recentes da equipe, afinal, também já conquistou a Copa da Eslováquia em uma oportunidade.

“Eu tenho um carinho da torcida e eles me valorizam bastante por tantos títulos em pouco tempo. Essa valorização por essa diferença de cultura e chegar em um país onde você não conhece nada e se adaptar tão rápido”.

Antes de embarcar para sua aventura na Europa, o jogador atuou pelo Avaí, de Santa Catarina, e teve um período curto no Grêmio. Sobre a passagem por Porto Alegre, mesmo que breve, ele falou foi um dos momentos mais importantes de sua carreira.

“Foi de muito aprendizado, tínhamos um grupo muito qualificado. Como eu era muito novo, procurei extrair ao máximo aquela experiência e levo isso comigo até hoje”.

Além do título do campeonato eslovaco e de ser eleito o melhor de sua posição, Lovat atuou em 22 partidas no campeoanto nacional com um gol e seis assistências. Pela Conference League, terceira competição interclubes da Europoa, entrou em campo em oito oportunidades. Na competição, o Slovan foi eliminado nas oitavas de final para o Basel, da Suiça.

Agora, o lateral segue focado na próxima temporada, em que a equipe disputará os playofss da Liga Europa. Perguntado se pretende voltar ao Brasil, não quis fechar as portas, mas se disse feliz no velho continente.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp