CBF encaminha ofício e clubes começam a se manifestar sobre parada do Brasileirão

Trinta e um clubes da Liga Forte União terão reunião na segunda-feira (13) para debater o assunto

Publicado por
16:50 - 11/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Clubes como o Atletico-MG já se manifestaram favoráveis à parada

Conforme adiantara em entrevista na sexta-feira (10), o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, transferiu para os clubes a decisão de parar ou não o Campeonato Brasileiro.

 

Neste sábado (11), foi encaminhado um ofício para os clubes e federações, comunicando que o governo federal solicitou oficialmente à CBF a parada das competições.

 

No documento, a CBF pede que os clubes se manifestem de forma urgente. 

Documento pede manifestação urgente das entidades

 

Segundo o presidente, do Juventude, Fábio Pizzamiglio, a Liga Forte União marcou reunião para segunda-feira (13) para debater a questão e ainda não há consenso formado. Mas, segundo a jornalista Monique Vilela, algumas respostas já foram enviadas e chamam atenção, sobretudo de Atlhetico-PR e Atlético-GO, que eram contra a parada, e agora se manifestariam a favor.

Os clubes da Liga Forte União são: Athletico-PR, América-MG, Atlético-GO, Avaí-SC, Botafogo-RJ, Botafogo-SP, Brusque-SC, Chapecoense-SC, Ceará, Criciúma-SC, CRB-AL, Cruzeiro-MG, CSA-AL, Cuiabá-MT, Figueirense-SC, Fluminense-RJ, Fortaleza-CE, Goiás, Internacional-RS, Ituano-SP, Juventude-RS, Londrina-PR, Mirassol-SP, Náutico-PE, Novorizontino-SP, Operário-PR, Ponte Preta-SP, Sport-PE, Tombense-MG, Vasco-RJ e Vila Nova-GO.

Das outras ligas, Grêmio e Atlético-MG também já disseram serem a favor da parada.

Com isso, a tendência é que a CBF convoque um Conselho Técnico para deliberar sobre o assunto para o início da próxima semana.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp