Brasil supera Colômbia por 2 a 0 e se aproxima de classificação no Pré-Olímpico

Seleção sofreu em alguns momentos, mas garantiu mais uma vitória com gols de Endrick e John Kennedy

Publicado por
22:54 - 26/01/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
brasil

Foto: Federico Parra / AFP / CP

Não foi desta vez que o Brasil encantou no Pré-Olímpico. No entanto, com eficiência, a Seleção Brasileira garantiu três pontos importantes ao vencer a Colômbia por 2 a 0 na noite desta sexta-feira na Venezuela. Os atacantes Endrick e John Kennedy foram protagonistas do duelo com um gol cada.

O resultado positivo deixa a Canarinho com 6 pontos, na segunda colocação, após dois jogos no Grupo A – o líder Equador tem 7, mas um jogo a mais. Perto da classificação para a próxima fase, o Brasil volta a campo na segunda-feira para enfrentar justamente os equatorianos.

Mauricio, do Inter, foi a novidade na escalação inicial do técnico Ramon Menezes. O meia colorado teve uma atuação discreta e pouco acrescentou. Na segunda etapa, o volante Ronald, do Grêmio, entrou para ajudar a segurar o resultado.

Endrick resolve

O Brasil teve como principal novidade o meia Mauricio, do Inter, na escalação inicial. No entanto, o time de Ramon Menezes novamente não apresentou um bom futebol. Foram dos colombianos, aliás, as melhores chances para abrir o placar. Aos 2 minutos, a zaga brasileira se equivocou e a bola caiu no pé do atacante Cortes. Ele driblou o goleiro, mas Andrey salvou em cima da linha.

Logo depois, a Canarinho falhou mais uma vez no setor defensivo. Por sorte, o meia Ruiz errou a finalização de dentro da área. O Brasil foi chutar pela primeira vez somente aos 18 minutos em batida de longe do meia Marlon Gomes.

Se coletivamente a Seleção não tinha nada, coube a qualidade individual aparecer. John Kennedy arriscou chute de longe, o goleiro espalmou e Endrick, na sua primeira aparição contundente, empurrou para o gol e abriu o placar aos 25.

A vantagem não se transformou em controle para o time brasileiro, mas reduziu o ímpeto colombiano. Em mais um lance de talento, John Kennedy quase marcou um golaço. Ele disparou dois dribles curtos e tocou de bico para bela defesa do arqueiro Guerra.

Sustos e alívio

A segunda etapa foi de uma marcha lenta na arrancada. O Brasil só foi assustar aos 10 minutos e novamente com Endrick. O camisa 9 foi lançado na corrida e bateu de primeira para boa defesa de Guerra. A resposta colombiana veio em forma de um “quase gol”. O zagueiro Ceballos venceu no alto e soltou um tiro de cabeça. O goleiro Micael fez enorme defesa aos 12 minutos.

A Colômbia melhorou no jogo e por pouco não empatou aos 22 minutos. Numa grande jogada do ponta Palacios, Carlos Cortes recebeu livre na área e isolou. Na sequência, Ramon Menezes promoveu suas primeiras trocas: Endrick e Maurício deixaram o campo para as entradas de Pirani e Pec. Ronald, volante do Grêmio, entrou aos 30 minutos. Ele precisou ser improvisado na lateral-direita para ajudar a conter o momento ofensivo colombiano.

Atrás no placar, a Colômbia passou a deixar espaços na defesa no apetite para empatar. Inteligente, o Brasil aproveitou. Em lançamento longo, Pec fintou o zagueiro e deu assistência na medida para John Kennedy tocar para o gol vazio e construir o 2 a 0 aos 37 minutos.

No banco, Ramon Menezes vibrou efusivamente o gol do alívio. Os minutos finais foram os melhores do Brasil. Com o placar e a tranquilidade, o time trocou passes, esperou o tempo rolar e celebrou mais três pontos que encaminham a vaga para o Quadrangular Final.

Campeonato Pré-Olímpico – 3ª rodada (2° jogo do Brasil)

Brasil 2

Mycael; Khellven (Ronald), Arthur Chaves, Michel (Luan Patrick) e Kaiki Bruno (Rikelme); Andrey Santos, Alexsander e Marlon Gomes; Maurício (Pec), John Kennedy e Endrick (Pirani). Técnico: Ramon Menezes.

Colômbia 0

Sebastián Guerra; Mosquera (Tanton), Cristian Castro, Ceballos e Fernando Álvarez; Nelson Palacio, Jhojan Torres, Daniel Ruiz (Palacios), Óscar Cortés e Carlos Gómez; Carlos Cortés (Quinones). Técnico: Héctor Cárdenas.

Gols: Endrick (25min/1°T) John Kennedy (37min/2°T)

Cartões amarelos: Arthur Chaves e Kaiki Bruno (Brasil) Ceballos (Colômbia)

Hora: 20h.

Local: Brigido Iriarte, Caracas, Venezuela.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp