VÍDEOS: com risco de rompimento, Samae abre a comporta da represa Dal Bó em Caxias do Sul

Defesa Civil e órgãos públicos municipais evacuam a área no entorno da represa. Três das cinco barragens estão paradas

Publicado por
08:23 - 02/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
VÍDEOS: com risco de rompimento, Samae abre a comporta da represa Dal Bó em Caxias do Sul

Foto: Marcelo Oliveira

A represa Dal Bó teve a comporta aberta 100% aberta ainda na madrugada desta quinta-feira (02) pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgotos (Samae), em Caxias do Sul. Conforme o diretor-presidente, Gilberto Meletti, esta é a primeira vez que a comporta é totalmente aberta. No máximo, havia sido aberta em 30%.

Segundo informações dos técnicos, prédios em frente ao vertedouro podem sofrer com alagamentos. Com a iminência do risco de rompimento, Defesa Civil, lideranças comunitárias, Fundação de Assistência Social (FAS) e Secretaria de Municipal de Habitação foram acionados para evacuação da área no entorno da represa. Em relação aos demais reservatórios, a pior situação abrange desde a Dal Bó até aproximadamente a localização da ETE Tega, seguindo o curso do rio Tega.

A assessoria de Comunicação da prefeitura informou, no início da manhã, que há um grande número de ligações para o telefone de plantão da FAS, em busca de informações sobre o abrigo. Neste primeiro momento, o governo municipal está encaminhando apenas as famílias da área de risco na área da barragem, que não têm pra onde ir.

Equipes estão passando pelos locais de risco com com sirenes para avisar os moradores. As demais áreas estão sendo monitoradas também pela Defesa Civil.

O gabinete de crise do Município está reunido na manhã desta quinta. Novas medidas devem ser anunciadas em breve. A administração pública solicita a população que não saia de casa, somente em caso de necessidade. Isso porque, se Dal Bó romper, deve alagar uma grande área no entorno da represa, atingindo um raio que pode chegar aos bairros Santa Catarina, São José, Reolon, Nossa Senhora de Fátima parte baixa da represa.

Situação das barragens

De acordo com informações do Samae, na manhã desta quinta, três das cinco barragens estão totalmente paradas. O sistema Marrecas está parado em virtude do rompimento da adutora. O Samuara está sem funcionar desde a manhã desta quarta-feira (1º), em virtude de alagamento da estação. A barragem da Maestra também parou de funcionar por falta de energia elétrica. Apenas o sistema Faxinal trabalha com 50% da capacidade em virtude do barro na água bruta. O único reservatório que está funcionando normalmente é o Dal Bó, mas com o risco de rompimento.

O Samae informou que, desde segunda-feira (29), choveu mais de 420mm, em Caxias do Sul. Em dois dias, já choveu mais que o triplo da média histórica para o mês de abril, que é de 130mm.

Banco de Sangue

Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs) necessita de doações de sangue. Todos os tipos, mas principalmente AB- e B-.

Atualização de UBSs fechadas nesta quinta-feira:

Ana Rech, Criúva, Fátima Baixa, Fazenda Souza, Galópolis, Reolon, Santa Lúcia do Piaí, São José, Vila Cristina, Vila Oliva e Vila Seca.

Cirurgias

A Secretaria Municipal da Saúde informa que as cirurgias eletivas (não urgentes) que estavam marcadas para sexta e segunda-feira (03 e 06), nos hospitais Geral, Pompéia e Virvi Ramos, não serão realizadas. A finalidade é que as estruturas hospitalares fiquem liberadas para atendimento de urgências e emergências que poderão acontecer devido à continuidade das chuvas.

Acompanhe a cobertura

 

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp