Vice-governador reafirma prioridade de manutenção de escolas em Caxias do Sul em visita à Festa da Uva

Gabriel Souza também detalhou programa de inserção no mercado para jovens e defendeu candidatura própria do MDB à Prefeitura no município

Publicado por
21:15 - 28/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Divulgação)

Nesta quarta-feira (28), o vice-governador do Rio Grande do Sul, Gabriel Souza (MDB), esteve nos Pavilhões da Festa da Uva visitando o evento. Em seguida, concedeu entrevista coletiva na qual detalhou pautas como problemas estruturais das escolas estaduais, programas desenvolvidos junto ao governo federal e as eleições municipais de Caxias do Sul.

Souza também falou sobre um dos programas envolvendo a educação de jovens já implementado no Estado, o Partiu Futuro, o qual possui três etapas: diz respeito às escolas técnicas, que serão certificadoras para jovem aprendiz; contratação de 1 mil jovens aprendizes; e contratação de 200 jovens através de estágio, selecionados em escolas abrangidas pelo programa RS Seguro, inclusive, Caxias do Sul.

Sobre os problemas alarmantes das escolas estaduais de Caxias, o vice-governador voltou a ressaltar a educação como uma prioridade da gestão atual, assegurando melhorias estruturais. “Temos um problema crônico, de muitos anos, de falta de investimento no Estado. Décadas de falta de investimentos na educação, especialmente na infraestrutura das escolas, e agudizou agora, a tal ponto que muitas estão com problema de receber os alunos. Então, nós criamos o programa Lição de Casa, onde já investimos mais de R$ 200 milhões. É importante dizer que estamos mudando a forma de contratar os serviços para a manutenção de escolas. Vou dar um exemplo: no Daer, é comum ter contratos previamente realizados e firmados para a manutenção de rodovias. Não se espera a rodovia ter buraco para daí fazer a licitação. Tendo dinheiro, tem o contrato, vai lá e faz a obra. Na educação começa a funcionar assim também. Ou seja, quando começar a ter problemas de elétrica, de hidráulica, de infraestrutura na escola, já vai ter contrato para resolver, fazendo com que seja mais rápida a manutenção”.

Questionado sobre uma possível dobradinha com o PSDB, repetindo em Caxias do Sul o que ocorre no governo estadual, ou sobre o MDB lançar candidato, Gabriel Souza afirmou defender candidatura própria do partido. “Inegavelmente o PSDB e o MDB tem proximidade ideológica, programática. Tanto é verdade que tivemos uma composição no governo do Estado – que, não fosse ela, não teríamos ido para o segundo turno e vencido a eleição (em 2022). Aqui em Caxias a gente tem defendido a candidatura própria do MDB, em virtude a história do partido aqui, tendo governado a cidade, tido três governadores. Há uma transição geracional acontecendo no MDB muito interessante, porque ela não exclui gerações, é oportuna. Que a gente obtenha produtos da riqueza, da convivência entre essas gerações”.

O vice-governador referendou o nome do vereador Felipe Gremelmaier como pré-candidato a prefeito. “É um nome alinhado com o programa e a história do partido, com o pensamento político que entendemos que o partido deve seguir, que não é por ser de centro que não tem posição. É um partido que vai cada vez mais apresentar soluções para o tempo que estamos vivendo no século XXI”, sustentou.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp