Vereador de Roca Sales será investigado por fala racista durante sessão da Câmara

“Se não tiver um trabalho de gente branca, de gente que sabe fazer esse trabalho, nós vamos embargar aquilo lá”, foi a frase dita pelo vereador Antônio Valesan (PTB)

Publicado por
10:30 - 07/12/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Vereador de Roca Sales será investigado por fala racista durante sessão da Câmara

Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Roca Sales iniciou uma investigação sobre as declarações consideradas racistas proferidas pelo vereador Antônio Valesan, também conhecido como Pegari (PTB), durante sua participação na sessão da Câmara de Vereadores na última segunda-feira (4).

Durante seu pronunciamento, Valesan fez comentários que levantaram suspeitas sobre discriminação racial. Ele expressou descontentamento em relação à qualidade de um serviço prestado por uma empresa terceirizada contratada pela Prefeitura, afirmando: “Se não tiver um trabalho de gente branca, de gente que sabe fazer esse trabalho, nós vamos embargar aquilo lá”, referindo-se a pedras no meio do rio e entulhos.

Antônio Valesan, que já ocupou o cargo de prefeito em Roca Sales, enfrentou questões legais no passado. Em 2011, teve seus direitos políticos suspensos por cinco anos e perdeu o cargo no Executivo após ser acusado pelo Ministério Público de desviar doações de pares de sapatos em troca de votos.

Após a repercussão negativa de suas palavras na sessão da Câmara, o vereador se retratou publicamente, emitindo um comunicado à imprensa. “Palavras ditas não podem ser apagadas, mas quando equivocadas, precisam ser retratadas publicamente e urgentemente, com humildade em reconhecimento ao erro”, declarou Valesan. “Em respeito à comunidade de Roca Sales e à reputação da minha vida, peço perdão em virtude do discurso insensato dito na tribuna da Câmara de Vereadores. Não há nenhuma justificativa que isente esse absurdo”.

A Polícia Civil recebeu a denúncia do caso e está investigando as intenções por trás das declarações do vereador.

*Com informações de Rádio Independente

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp