Universidade Federal de Pelotas inaugura espaço de inovação voltado à área de bioprodutos

O hub tecnológico nasceu a partir do incentivo de R$ 2,6 milhões, por meio de edital promovido pelo governo do Rio Grande do Sul

Publicado por
14:18 - 08/12/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Universidade Federal de Pelotas inaugura espaço de inovação voltado à área de bioprodutos

Foto: UFPel

Nesta quinta-feira, 7, ocorreu à inauguração do Innovat B3, na Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e a secretária de Inovação, Ciência e Tecnologia, Simone Stülp, compareceram ao evento.

O hub tecnológico nasceu a partir do incentivo de R$ 2,6 milhões, por meio do edital Inova Cluster Tecnológicos, promovido em 2022 pela Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs). O ambiente compreende dois contêineres que funcionarão como laboratórios.

O projeto – coordenado pelo professor Claudio Pereira, da UFPel – elabora suplementos e produtos de origem biológica – os chamados bioprodutos – derivados de fontes alternativas, como insetos e microalgas. A iniciativa é uma parceria entre a universidade, a Fundação Universidade de Rio Grande (Furg) e as startups Algasul e Nuinset. Os pesquisadores e empreendedores promovem a produção de biomassa de origem alternativa para entregar bioprodutos ao setor produtivo, contribuindo para a saúde animal e iniciativas sustentáveis.

Simone Stülp destacou o potencial das universidades gaúchas, especialmente pela qualificação de professores e pesquisadores. “A excelência na academia e em instituições de ciência e tecnologia disseminadas por todo o Estado é o nosso diferencial. Promover conexões entre pesquisadores, empreendedores, sociedade civil e poder público é um grande privilégio, e ver os resultados dá energia para que possamos pensar na evolução do nosso sistema de tecnologia e inovação”, comemorou.

A materialização dos incentivos foi citada como motivo de entusiasmo pelo diretor-presidente da Fapergs, Odir Dellagostin. “Estamos vendo como os investimentos feitos pelo governo do Estado fazem diferença, ajudando a desenvolver a economia e a construir, neste caso, uma sociedade com consciência ambiental”, afirmou.

A reitora da UFPel, Isabela Andrade, também falou sobre a importância dos incentivos governamentais para impulsionar os projetos da universidade. “É um orgulho inaugurar os dois contêineres, que serão laboratórios fundamentais para o desenvolvimento do projeto”, disse.

 

Foto: Maurício Tonetto/Secom
Foto: Maurício Tonetto/Secom

;

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp