Turismo na Serra Gaúcha: atividades em pontos seguros recebem visitantes

Cidades da Serra Gaúcha mantêm atividades em locais que não foram atingidos pela tragédia das chuvas.

Publicado por
13:43 - 20/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Caminhos de Pedra em Bento Gonçalves/Divulgação

O turismo na Serra Gaúcha segue ativo apesar do desastre no Rio Grande do Sul. Muitas atrações não estão em pontos de perigo e recebendo os visitantes com segurança. O presidente da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), Daniel Panizzi, exemplificou que nas áreas urbanas de algumas cidades da região, a rotina da população segue normalmente.

Cidades como Bento Gonçalves, Caxias do Sul e Garibaldi estão mobilizando seus trades turísticos através de reuniões com o objetivo de tratar sobre o impacto dos eventos climáticos das últimas semanas no setor.

No município de Garibaldi, a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura criou um grupo com o Trade Turístico e empreendimentos da cidade. O “Avanti Turismo Garibaldi” visa planejar medidas de reestruturação e fomento do turismo no município e região.

Uma das primeiras ações do grupo foi a elaboração de um mapa atualizado com os locais em funcionamento na cidade. Com essa ferramenta, disponibilizada de forma digital para todos, é possível traçar rotas seguras para chegar nos restaurantes, vinícolas, hotéis, pousadas, atrativos, entre outros pontos de interesse em Garibaldi.

Em Bento Gonçalves, o setor está mobilizado, com hotéis e restaurantes integrados, para abrigar equipes das forças de segurança e preparar alimentação para voluntários e equipes. Locais turísticos como Caminhos de Pedra e Vale dos Vinhedos estão operando com segurança. Bento Gonçalves também disponibilizou o mapa atualizado com os locais seguros para o turismo.

Já em Caxias do Sul, as ações estão focar nas atrações turísticas que ficaram preservadas e aproveitar a malha aérea emergencial do Rio Grande do Sul. Desde que o Aeroporto Internacional Salgado Filho ficou alagado e fora de operação, em Porto Alegre, o Aeroporto Regional Hugo Cantergiani, em Caxias do Sul, tem se tornado uma importante alternativa para chegada de auxílio para resgates, doações e o transporte de passageiros do Rio Grande do Sul.

O apelo do setor hoteleiro e gastronômico é para que os viajantes não cancelem os pacotes, mas, sim, remarquem a viagem para os meses seguintes. “A nossa estrutura central está intacta. Todo o eixo turístico está muito bem, não tendo nenhum impacto. Os turistas vão poder aproveitar e ainda nos ajudarão a manter os empregos”, sinaliza o presidente do Sindicato da Hotelaria, Restaurantes, Bares, Parques, Museus e Similares da Região das Hortênsias (SindTur Serra Gaúcha), Claudio Souza.

Confira os mapas para Turismo Seguro em Bento Gonçalves e Garibaldi:

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp