Trade Turístico de Flores da Cunha debate estratégia para a retomada do setor

Grupo de trabalho defende a adoção de medidas que beneficiem também os empreendedores do turismo, no período pós-temporal

Publicado por
15:24 - 15/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Divulgação

O 11° Encontro do Trade Turístico de Flores da Cunha ocorreu na tarde desta terça-feira (14), no Letto Hotel. O principal assunto em pauta foi a situação atual do Estado, devido aos efeitos dos temporais e o reflexo no setor. Foram avaliadas ações para a retomada do turismo.

A reunião contou com a participação do diretor geral da Secretaria Estadual de Turismo (Setur/RS), Rafael Carniel; do prefeito César Ulian; e de representantes da Sicredi Serrana, Sebrae, do Sindicato de Gastronomia e Hotelaria da Região da Uva e Vinho (SEGH) e da Atuaserra.

O prefeito destacou que, em Flores da Cunha, 80 pessoas ficaram desabrigadas e o prejuízo estimado é de R$ 15 milhões.

“Comunicamos, com muita tristeza, que por conta disso tudo, a obra para requalificação da Avenida 25 de Julho, foi cancelada. Seria um lindo projeto, mas vamos investir os 9 milhões do custo da obra, na reconstrução do nosso município. Nossa prioridade é o bem estar das famílias. Estamos trabalhando na liberação das estradas do município. Depois disso, pensaremos em voltar a fomentar o turismo e os demais setores”, afirmou Ulian.

Já Rafael Carniel salientou que se trata de um momento de empatia e de sensibilidade com as comunidades atingidas. Mas também de zelar pelo setor.

Primeiro dos passos e cuidar das pessoas, isso é fundamental. A gente serve em números públicos, assim como os privados tem os seus segmentos de clientes, a secretaria de Turismo do Estado, tem o seu número de clientes. Tem o turista, a sociedade gaúcha que espera uma resposta do nosso trabalho, tem os municípios e suas necessidades e uma série de segmentos que estão fora do Estado, que são potenciais clientes do Rio Grande do Sul”, ressaltou Carniel.

Apesar dos efeitos do temporal, Flores da Cunha confirma a realização de eventos tradicionais, como a celebração de Corpus Cristhi. Entretanto, vai ocorrer apenas o ritual religiosa, inclusive, a confecção dos tapetes. A programação artística está cancelada, tendo em vista a situação climática.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp