Sistemas de abastecimento do Samae estão funcionando 100% em Caxias do Sul

Conforme a autarquia, alguns bairros podem enfrentar intercorrências até a normalização na distribuição de água

Publicado por
16:30 - 10/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

O abastecimento deve ser normalizado durante a noite desta sexta (10) - (Foto: Andréia Copini/Samae)

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) informa que os sistemas de abastecimento de Caxias do Sul estão operando em 100% da sua capacidade. O Sistema Marrecas, o qual teve sua operação interrompida devido ao rompimento de adutora na Rota do Sol, em Vila Seca, no dia 1º de maio, quando houve deslizamento do solo, desestabilizando a tubulação, e depois ficou inoperante devido à falta de energia elétrica, está trabalhando desde o dia 9 normalmente.

Para suprir a demanda da comunidade, além da frota própria da autarquia, foram contratados emergencialmente caminhões-pipa para fazer o abastecimento. Além disso, a Randoncorp colocou à disposição uma carreta para o Samae.

O diretor-presidente da autarquia destacou os esforços da equipe de servidores para contornar a situação. “Os servidores da autarquia trabalharam incansavelmente desde o rompimento da adutora no dia 1º, buscando normalizar os sistemas de abastecimento na cidade. Diversas medidas foram tomadas para amenizar o sofrimento da comunidade”, afirma Gilberto Meletti.

Conforme último relatório da Superintendência de Água da autarquia, emitido na manhã desta sexta-feira (10), os reservatórios da Estação de Tratamento de Água (ETA) Morro Alegre e o Centro de Reservação Jardim das Hortênsias (CRJH), que armazenam a água tratada do Sistema Marrecas, já operavam com bons níveis.

Dessa forma, o Sistema que abastece a Zona Nordeste, que compreende os bairros Serrano, Jardim Eldorado, Petrópolis, De Lazzer, São Ciro e Capivari, está recuperando os níveis e a pressão da água está melhorando gradualmente.

Locais normalmente abastecidos pelo Sistema Marrecas, como os bairros Brandalise, Pedancino, Alvorada, Portal da Maestra e Belo Horizonte, estão sendo abastecidos pelo Sistema Maestra. Os bairros Pioneiro, Centenário e Santa Fé também. Outra região também afetada foi a de Fazenda Souza, onde o abastecimento também já foi normalizado.

Já o reservatório de Ana Rech, que abastece partes dos bairros Jardim Iracema, Santo Antônio, Parada Cristal e São Cristóvão, está com água, porém o abastecimento da região se dá gradativamente. Sendo assim, o abastecimento deve ser normalizado durante a noite desta sexta-feira (10).

Sistema Samuara

A Estação de Bombeamento (EBAT) Samuara voltou a funcionar na última quarta-feira (08). A água que está sendo distribuída na região de Forqueta é da Estação de Tratamento de Água (ETA) Parque da Imprensa, que faz parte do Sistema Faxinal. Já a ETA Samuara está inoperante após o alagamento. Dessa forma, apenas o bombeamento da unidade está em operação. A equipe técnica irá avaliar os estragos e a retomada ou não da operação da unidade.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp