Sindicância e investigação da Polícia Civil afasta servidores da prefeitura de Caxias do Sul

Entre os investigados está um Cargo de Confiança que foi nomeado pelo atual prefeito Adiló Didomenico

Publicado por
07:12 - 16/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
caxias do sul

Foto: Divulgação

Foi confirmado no início da noite desta quinta-feira, dia 15, que após uma operação da Polícia Civil, resultado de uma provocação da Procuradoria Geral do Município de Caxias do Sul para investigar ilegalidades que envolve licitações, acabou com o afastamento por 60 dias de quatro servidores municipais e de um Cargo de Confiança, que já foi exonerado pelo prefeito Adiló Didomenico ( as duas ações foram editas em edição extra do diário oficial do município).

A investigação e ação de apreensão de objetos ocorreu pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), onde na quarta-feira, dia 14, foram até a prefeitura de Caxias do Sul, e recolheram documentos e aparelhos de celulares dos envolvidos.

Inquérito policial investiga crimes de corrupção

Conforme o inquérito policial estão sendo investigados crimes de corrupção e crimes licitatórios. O município também já abriu uma sindicância através da Corregedoria Geral do Município. Pelas informações repassadas pelo Delegado Regional da Polícia Civil, Augusto Cavalheiro, os cinco suspeitos estariam beneficiando com informações privilegiadas uma empresa especializada em assessoria de licitações.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados devido ao inquérito estar em segredo de justiça.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp