Seminário nesta sexta, em Caxias do Sul, vai debater transtornos mentais na saúde do trabalhador

Evento solidário faz parte da celebração do Dia do Trabalhador. A promoção é de centrais e sindicatos de várias categorias

Publicado por
09:57 - 25/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Cerest/Serra convida comunidade para XIV Seminário de Saúde do Trabalhador em Caxias do Sul

(Foto: Alex Dos Santos/Pexels)

Com o objetivo de celebrar o Dia do Trabalhador, comemorado em 1º de maio, ocorre nesta sexta-feira (26), em Caxias do Sul, o XIV Seminário de Saúde do Trabalhador.  O evento será realizado no Teatro da Universidade de Caxias do Sul (UCS), das 8h às 17h, abordará assuntos sobre doenças relacionadas ao trabalho, como transtornos e as formas de recuperações. Para participar, é necessário fazer a inscrição no formulário e doar 1 kg de alimento não perecível.

Na sessão da Câmara de Vereadores desta terça (23), o presidente do Conselho Gestor do Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest/Serra), Luiz Carlos de Azevedo, convidou a comunidade para prestigiar o evento. Ele apresentou a programação, que consiste em palestras ministradas por profissionais de diferentes áreas, que objetivam conscientizar e promover o debate acerca da saúde física e mental dos trabalhadores.

As atividades coincidem com o chamado Abril Verde, designado para a reflexão sobre saúde e segurança no trabalho. O seminário conta com o apoio do Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul (Sindiserv), Central Única dos Trabalhadores (CUT-RS), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul e Região, com o apoio do Fórum de Entidades e Movimentos Sociais.

Entre as autoridades de nível federal, os organizadores confirmaram as presenças do senador gaúcho Paulo Paim (PT) e da presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Daiana Santos (PCdoB).

Programação

08h – Credenciamento

08h30 – Mesa de abertura

09h – “Por que adoecem, se incapacitam ou morrem tantos trabalhadores e trabalhadoras devido a transtornos mentais relacionados ao trabalho?” (Dr. Renê Mendes)

10h – “Solidão, sobrecarga e adoecimento mental das mulheres trabalhadoras” (Dra. Daniela Floss e Luciane Toss Eremi Melo)

11h – Lançamento do livro “A mais fina das artes”, de Ed Lacier (Dr. Vanius João Côrte e Dr. Ricardo Garcia)

11h30 – Perguntas

11h45 – Intervalo

13h – “Transtornos mentais relacionados ao trabalho – integração entre Direito e Psicologia” (Dr. Marcelo Porto e Stelamaris Zanatta)

14h – “A intensificação da exposição a agentes químicos – possibilidades de indução de transtornos mentais relacionados ao trabalho” (Prof. Luiz Scienza)

14h45 – “O papel da solidariedade entre trabalhadores na recuperação da saúde mental” (Dr. André Guerra)

15h30 – Apresentações de experiências exitosas em vigilância em saúde do trabalhador (VISAT) dos municípios de Cotiporã, Gramado e Caxias do Sul” (Fabiana Oliveira Nobre, Andréia Burille e Leia Cristiane Loeblein, com mediação de Nicieli Sguissardi)

16h15 – “Ergonomia prática: promoção e prevenção em saúde do trabalhador no Hospital Geral de Caxias do Sul” (Dra. Carine Benedet)

16h30 – “Perfil de morbimortalidade das notificações de doenças e agravos relacionados ao trabalho na região da Serra Gaúcha” (Nicieli Sguissardi)

16h45 – Perguntas

17h – Encerramento

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp