Mesmo com chuvas fortes, Guaíba não deve ultrapassar a cota de alerta

Instituto de Pesquisa Hidráulicas (IPH) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) recomenda atenção especial a população afetada e ações para a limpeza das áreas alagadas

Publicado por
07:30 - 15/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Pedro Piegas

Apesar da possibilidade de fortes chuvas neste final de semana no Rio Grande do Sul, as previsões do Instituto de Pesquisa Hidráulicas (IPH) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) indicam que o nível do Guaíba não passará da cota de alerta. É necessário, entretanto, atenção, já que os modelos meteorológicos podem subestimar as chuvas.

O nível de alerta é de 3,15m. O de inundação é de 3,6m.

Segundo o IPH/Ufrgs, os cenários de previsão indicam estabilização e aumento dos níveis do Guaíba, abaixo da cota de alerta, e podendo ocorrer oscilações em função da ação dos ventos.

Recomendações

Ainda, o instituto recomenda atenção especial a população afetada, ações para a limpeza das áreas afetadas e restabelecimento o quanto antes das estruturas de proteção em precaução a alagamentos e inundações futuras.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp