Guaíba terá cheia de grandes proporções nesta semana em Porto Alegre

Nível já muito alto, chegada de maior de vazão nos próximos dias e vento Sul sugerem cenário de cotas atipicamente elevadas

Publicado por
19:22 - 19/11/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Guaíba terá cheia de grandes proporções nesta semana em Porto Alegre

Foto: MetSul Meteorologia 

A MetSul Meteorologia alerta que o nível do Guaíba no Cais Mauá pode atingir a cota de alerta para o Centro da capital, definida pela prefeitura em 3,80 metros. Há elevada probabilidade que a marca possa ser alcançada nesta semana com base na avaliação da situação atual e a perspectiva de aumento da vazão. O nível do Guaíba às 15h deste domingo no Cais Mauá estava em 2,58 metros.

Ontem, no começo do dia estava em 2,05 metros. Significa que em apenas 36 horas o nível do lago da capital se elevou em meio metro à medida que começa a chegar a vazão dos rios contribuintes ao Delta do Jacuí. A tendência é seguir subindo, adverte a MetSul. Isso porque todos os rios que desembocam no Guaíba apresentam cheia e três deles (Taquari, Caí e Sinos) registram cheias de grandes proporções.

Taquari e o Caí estão com quadros de cheias históricas. O Jacuí, maior contribuinte, também apresenta cheia entre Cachoeira do Sul e Triunfo com tendência de se elevar ainda mais. O Gravataí igualmente anota cheia. O Rio Taquari atingiu na manhã deste domingo a terceira maior cota no Porto de Estrela dos últimos cem anos com 28,94 metros. O Sinos sobe rapidamente no Vale do Sinos e já alcançava 7,30 metros em Campo Bom hoje de manhã.

A cheia do Caí é a maior já observada com o rio tendo alcançado 16 metros em São Sebastião do Caí. Uma vez que os picos de vazão do Taquari e do Caí devem alcançar a área de Porto Alegre entre esta segunda e quarta-feira, e a maior vazão do Jacuí no decorrer desta semana, prevendo-se a do Sinos apenas para o final da semana, a perspectiva é que o Guaíba se eleve ainda nas próximas 48 horas. Um fator adicional de preocupação é o vento.

Neste começo de semana, o padrão de vento será favorável ao escoamento das águas do Guaíba para a Lagoa dos Patos, mas entre quarta e sexta-feira se espera vento do quadrante Sul que pode ser moderado a forte no setor Norte da Lagoa no final da quarta e no começo da quinta. O vento Sul vai coincidir com o maior momento de maior vazão dos rios contribuintes. Sob este cenário, é quase certo que o Guaíba vai superar a cota de alerta de 2,80 metros no Cais Mauá e não pode se descartar que alcance a cota de transbordamento de 3,00 metros no cais. Se não alcançar, deve chegar perto.

Recordamos que, com as ondas, as águas já alcançam o cais com cotas acima de 2,85 metros ou 2,90 metros. Desde a grande enchente de 1941, que teve pico de 4,76 metros, o Guaíba superou a cota de 3,00 metros apenas em duas oportunidades. Na enchente de setembro de 1967, com 3,13 metros, e na enchente de setembro de 2023, com 3,18 metros.

A MetSul alerta, por fim, que com os níveis previstos para esta semana haverá muitos alagamentos nas ilhas da capital com a água atingindo mais de meio metro em algumas casas, o que levará à remoção de moradores. Adverte-se ainda que com o nível muito alto as águas do Guaíba devem refluir pela rede de esgotos nas Voluntários da Pátria, imediações da São Pedro, e o mesmo pode ocorrer no bairro Praia de Belas com pontos de alagamentos.

Fonte: MetSul Meteorologia

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp