Grêmio goleia Guarany de Bagé na Arena e encara Brasil de Pelotas na próxima fase do Gauchão

Os gols foram marcados por Pavón, que marcou duas vezes, Pedro Geromel e Diego Costa

Publicado por
19:02 - 02/03/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Grêmio goleia Guarany de Bagé na Arena e encara Brasil de Pelotas na próxima fase do Gauchão

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

O Grêmio encerrou a primeira fase do Gauchão com uma goleada de 4 a 1 sobre o Guarany, de Bagé, na tarde deste sábado (02), na Arena. Os destaques da partida foram Pavón, que marcou dois gols, e Diego Costa, fez um tento na sua partida de estreia. Geromel completou o resultado, enquanto Wilson marcou para a equipe visitante. Com a vitória, a equipe gremista encerra a primeira fase na segunda colocação, com 23 pontos somados. O adversário da próxima fase será o Brasil de Pelotas, que ocupa a 7ª posição na tabela.

O Grêmio entrou em campo para encarar o Guarany, de Bagé, na Arena, para reencontrar o caminho das vitórias. Na escalação, o técnico Renato Portaluppi apostou em Gabriel Grando na meta gremista. Cristaldo recebeu uma nova oportunidade, enquanto Gustavo Nunes, Diego Costa e Pavón formaram o trio de ataque.

A formação mais agressiva deu o Grêmio, ao menos nos primeiros minutos de jogo, aquilo que ele precisava: domínio. Recuado e muito mais preocupado em marcar, o Guarany segurou bem o ímpeto do Tricolor até os seis minutos de partida. Neste momento, Reinaldo fez um lançamento preciso e encontrou Pavón livre. O argentino, cara a cara com Rodrigo, chutou cruzado para fazer 1 a 0.

O gol cedo deu tranquilidade ao Grêmio, que aumentou a pressão sobre o Guarany. Quase sempre, as jogadas do Tricolor tinha Pavón e João Pedro como principais protagonistas. Cristaldo se movimentava bem e conseguia abastecer seus companheiros.

Apesar do domínio, o Grêmio não conseguia criar chances importantes para ampliar. A dificuldade dos donos da casa fez bem ao Guarany que, organizado, conseguiu encontrar espaços para algumas escapadas ao campo de ataque.

O jogo ficou melhor para os visitantes a partir dos 32 minutos, com o gol de empate. Em uma bola perdida na intermediária, a marcação gremista relaxou e Wilson ganhou a dividida de Reinaldo. Ele avançou pela direita e chutou forte. A bola, que era para ser um cruzamento, acabou se tornando um arremate graças ao desvio de Kannemann, que enganou Grando: 1 a 1.

O Grêmio buscou reagir aumentando a pressão e a velocidade dos movimentos, mas não conseguia chegar de forma contundente. Aos 38 minutos, uma conclusão importante para o lado gremista. Pepê foi acionado dentro da área e bateu de chapa, para uma grande defesa de Rodrigo. No rebote, Diego Costa não conseguiu aproveitar.

O centroavante, aliás, foi uma figura não tão brilhante no primeiro tempo. Conseguiu participar em algumas combinações, mas encerrou os 45 minutos iniciais com apenas duas conclusões. A última delas ocorreu pouco tempo depois dos 45, após lançamento de Cristaldo. Mesmo vigiado de perto por Mikael, o centroavante bateu forte, mas a bola subiu e passou longe do gol do Guarany.

Grêmio deslancha e goleia

Se o primeiro tempo terminou com o Grêmio apresentando dificuldades nas conclusões, o segundo começou de uma maneira bem diferente. Em dois ataques, o Tricolor resolveu o jogo.

Aos dois minutos, após uma cobrança de falta, Pavón apareceu deslocado pela esquerda e cruzou forte. O goleiro Rodrigo afastou mal e Geromel fez 2 a 1 de cabeça. Em seguida, em novo ataque, Pavón foi lançado na entrada da área. O argentino não esperou a marcação e bateu de primeira para fazer Grêmio 3 a 1.

Com o placar construído, o Grêmio teve mais tranquilidade para atuar na Arena. Percebendo a superioridade, o técnico Renato Portaluppi decidiu mexer na equipe, colocando Maik, na vaga de Reinaldo; Dodi no lugar de Villasanti e Du Queiroz no lugar de Cristaldo.

A partir daí, o Grêmio passou a atuar com mais presença no meio-campo. Gustavo Nunes voltou a aparecer e a participar mais do jogo. Aos 20 minutos, o jovem atacante foi derrubado próximo da entrada da área do Guarany. Diego Costa executou a cobrança com maestria e colocou a bola no ângulo, decretando a goleada na Arena: 4 a 1.

Aos 26, quase o centrovante faz o segundo dele no jogo. Após boa trama com Pavón pelo lado direito, Diego Costa chutou forte, mas a bola foi para fora.

A partir dos 30 minutos, o Grêmio começou a administrar o jogo. O Guarany, sem forças, ainda tentava esboçar alguma reação, mas foi contida pelo meio-campo Tricolor.

Nos minutos finais, o Grêmio soube proteger o resultado de 4 a 1 e voltou a vencer na Arena.

Fonte: Correio do Povo

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp