Polícia Civil investiga morte de mulher em abordagem da BM na zona Norte de Porto Alegre

Ocorrido também é alvo de inquérito militar

Publicado por
11:00 - 14/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Polícia Civil)

Uma mulher de 27 anos morreu, na madrugada deste sábado (13), durante uma tentativa de abordagem envolvendo policiais da Brigada Militar no bairro Mario Quintana, na zona Norte de Porto Alegre. Ela foi identificada como Sabrina de Oliveira Moreira. A 5ª Delegacia de Homicídios da Polícia Civil investiga o caso.

Os fatos aconteceram às 02h42min. Na ocasião, militares foram acionados para o atendimento de uma ocorrência sobre disparos de arma de fogo em um bar, na rua José Hilário Retamozo.

Durante a ação, a mulher foi atingida com um tiro na região do tórax. Ela chegou a ser socorrida pelos militares, que a levaram ao Hospital Cristo Redentor, mas não resistiu. A ficha dela não tinha antecedentes criminais.

Moradores e soldados foram ouvidos pela Polícia Civil. Os brigadianos afirmam que, no início da abordagem, dois homens e a mulher teriam reagido. Ainda conforme o relato deles, ela teria segurado a arma de um dos policiais, momento em que ocorreu o disparo.

“Vamos realizar diligências para o cabal esclarecimento dos fatos. Ao final, será possível ter uma visão completa do que ocorreu e, se ficar demonstrado que houve conduta ilícita, responsabilizar criminalmente o policial que efetuou o disparo”, afirmou o delegado Leandro Bodoia.

Um inquérito militar foi instaurado nesta manhã pelo 20º BPM. Segundo a corporação, o acionamento ocorreu por conta de brigas generalizadas no bar. No local, os envolvidos na confusão teriam investido contra os policiais, que precisaram solicitar apoio tático.

Ainda de acordo com a BM, houve necessidade do uso de arma não letal de incapacitação neuromuscular. O equipamento não teria sido suficiente para cessar os ataques. Foi quando, em determinado momento, um soldado fez uso da arma de fogo. “Estamos apurando os fatos com celeridade e vamos ouvir todos os envolvidos”, enfatizou o tenente-coronel Tales Osório.

Em comunicado, a BM destacou que reafirma seu compromisso com a defesa dos direitos e garantias fundamentais, atuando diuturnamente em defesa da sociedade e na preservação da ordem pública.

Leia a nota da BM

O Comando de Policiamento da Capital esclarece que policiais militares do 20º BPM foram acionados às 2 horas e 42 minutos deste sábado para atendimento de uma ocorrência policial com disparo de arma de fogo em um bar localizado no Bairro Mário Quintana.

O fato resultou no óbito de uma mulher de 27 anos, que ainda foi socorrida pelos próprios policiais militares para o Hospital Cristo Redentor, onde veio a falecer. Ao tomar conhecimento dos fatos, o comando da Brigada Militar imediatamente iniciou as providências para a elucidação dos fatos e atos de Polícia Judiciária Militar.

A Corporação instaurou um Inquérito Policial Militar, que está a cargo do 20º BPM.

A Brigada Militar reafirma seu compromisso com a defesa dos direitos e garantias fundamentais, atuando diuturnamente em defesa da sociedade e na preservação da ordem pública.

*Informações do Correio do Povo

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp