Operação apreende mais de 700 kg de carnes impróprias que iriam para escolas da Região Sul gaúcha

Alimentos descongelados e sem alvará sanitário foram apreendidos no município de Cerrito

Publicado por
16:16 - 28/11/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Operação apreende mais de 700 kg de carnes impróprias que iriam para escolas da Região Sul gaúcha

Foto: Celestino Garcia/ Prefeitura de Cerrito / CP

Uma operação integrada contra o abigeato apreendeu 713 kg de carnes impróprias para consumo que seriam destinadas a escolas municipais da região Sul do Estado. As carnes de gado, porco e frango estravam descongeladas e eram transportadas em um caminhão com sistema de resfriamento desligado e sem alvará sanitário. O material foi inutilizado.

A apreensão ocorreu no município de Cerrito e os alimentos seriam destinados a escolas de Arroio Grande, Herval e Pedro Osório. A ação reuniu o Comando Regional de Polícia Ostensiva (CRPO Sul), a Inspetoria Veterinária Estadual e a Vigilância Sanitária municipal.

De acordo com o fiscal da Vigilância Sanitária de Cerrito Rodrigo Eslabão, a operação é rotineira e ocorre mensalmente. “Desta vez encontraram o furgão na cidade de Cerrito. Os demais alimentos que estavam no veículo foram apreendidos de forma cautelar e liberados nesta terça-feira”, afirma o fiscal.

A fiscalização ocorreu na Avenida Flores da Cunha, próximo ao posto da Brigada Militar. “Outros alimentos foram liberados, por não terem sido contaminados. Já a carne estava descongelada, o caminhão estava com o sistema de frios desligado no ato da fiscalização e não possuía alvará sanitário”, justifica. “Pela legislação, a carne para ser liberada tem que estar em temperatura negativa, não compartilhar espaço com outros produtos e o veiculo estar em condições de higiene, o que não ocorreu no caso.”

O motorista foi conduzido à Delegacia de Polícia em Pedro Osório e liberado após o registro da ocorrência.

Fonte: Correio do Povo

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp