Morre em Caxias do Sul o ex-vereador Nelson Goulart Ramos

Como suplente pela Arena, assumiu vaga na Câmara de Vereadores, entre 1973 e 76

Publicado por
17:26 - 09/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Acervo CV/CS

Morreu nesta segunda-feira (08), o ex-vereador, advogado e professor Nelson Goulart Ramos, aos 92 anos. Ele foi suplente pela Aliança Renovadora Nacional (Arena) e assumiu a cadeira no Legislativo, entre 1973 e 76.

Em 2000, Nelson recebeu o título de Cidadão Caxiense, por uma proposição dos então vereadores Francisco Spiandorello e Waldemar Biglia. A entrega ocorreu em 28 de novembro de 2000, durante sessão extraordinária solene.

Nelson Goulart Ramos nasceu no dia 10 de fevereiro de 1932, natural da cidade de Viamão. Em Caxias do Sul, formou-se em 1962, na primeira turma da Faculdade de Ciências Econômicas, uma das faculdades que deu origem à UCS. Em 1967, formou-se em Ciências Jurídicas na primeira turma do curso de Direito da UCS. Em 2005, se aposentou, após 41 anos de dedicação à universidade, onde foi gestor acadêmico e professor dos cursos de Direito e Ciências Econômicas.

Ele recebeu da UCS a medalha do Mérito Universitário, concedida em 1984 ao completar 15 anos na Instituição; e o Mérito Jubileu de Prata, em 1999, ao completar 25 anos na instituição. Em 2003, em sessão solene, recebeu o título de “Professor Honoris Causa”, uma honraria concedida para o professor que tenha alcançado posição eminente no ensino ou na pesquisa.

Devido ao falecimento, o município decretou luto oficial. Por meio de nota, a presidente da Câmara de Vereadores, Marisol Santos (PSDB) manifestou solidariedade aos familiares.

“É um momento de lembrar e agradecer pela contribuição de Ramos enquanto parlamentar e, principalmente, enquanto profissional do Direito, ofício que depois os filhos seguiram. À família, deixamos nosso abraço e os nossos sentimentos”, afirma Marisol.

Nelson foi casado com Maria Hildeca Mattana Ramos (já falecida). Ele era pai de José de Oliveira Ramos Neto (já falecido), do também advogado João Francisco Mattana Ramos, e de Clóvis Moacyr Mattana Ramos, ex-Diretor do Fórum de Caxias do Sul e atual desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS). O corpo dele foi cremado na tarde desta terça-feira (09), no Memorial Crematório São José de Caxias do Sul.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp