Ministério Público do RS investiga desvio de doações em Barra do Ribeiro e Cachoeirinha

Nos dois casos, o MP investiga o envolvimento de pessoas ligadas à política nos municípios

Publicado por
15:50 - 27/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: MPRS/Divulgação

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio Grande do Sul (GAECO/MPRS) investiga dois casos de desvio de doações. Um deles é relacionado a uma ONG de Cachoeirinha e o outro, em Barra do Ribeiro. Ambos são ligados a políticos dos dois municípios.

Em Cachoeirinha, as investigações iniciaram no dia 19 de maio, quando o MPRS cumpriu mandados de busca e apreensão em um depósito na cidade. Segundo as investigações, que utilizam documentos, celulares e mídias, até esta segunda-feira (27), há forte indício que os donativos, que deveriam ser entregues em um ponto de coleta oficial no município, foi desviado para o referido depósito, com ligação a políticos do município.

Já em Barra do Ribeiro, suprimentos que chegaram da Defesa Civil foram encaminhados a uma entidade ligada a um pré-candidato nas próximas eleições municipais. Três pessoas são investigadas através de documentos, celulares e mídias eletrônicas que servirão como provas do desvio de doações. Centenas de produtos também foram apreendidos.

As duas investigações estão sendo coordenadas pelos promotores de Justiça do GAECO André Dal Molin, coordenador do grupo, e Maristela Schneider, responsável pelo Núcleo Regional – Metropolitana.

Foto: MPRS/Divulgação

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp