Corsan investe R$21 milhões em nova tubulação de esgoto para Xangri-Lá e Capão da Canoa

Mais de R$ 550 milhões serão investidos pela autarquia em programas de modernização de sistemas equipamentos para tratamento de esgoto, recuperação ambiental, combate ao desabastecimento e redução de perdas de água

Publicado por
16:18 - 29/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Corsan

A iniciativa da Corsan de instalar uma nova tubulação para o tratamento de esgoto na região de Xangri-Lá e Capão da Canoa é uma medida que visa o desenvolvimento sustentável e a melhoria da qualidade de vida dos moradores e visitantes. Com um investimento de R$ 21 milhões, a obra vai ampliar a capacidade de tratamento de esgoto e também cumprir os padrões ambientais estabelecidos pela legislação.

A nova tubulação, com mais de 9 quilômetros de extensão, é uma medida crucial para atender às necessidades crescentes desses municípios litorâneos. Além disso, a eficiência das Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) da Corsan, com uma taxa de tratamento de 95%, garante que o esgoto tratado atenda aos requisitos legais e contribua para a preservação ambiental da região.

O lançamento dessa iniciativa é também um sinal positivo para a retomada da economia local, especialmente no setor da construção civil. Ao criar uma infraestrutura essencial, como o sistema de esgotamento sanitário, Xangri-Lá e Capão da Canoa estão fortalecendo suas bases para um crescimento sustentável.

O sistema de esgotamento sanitário é uma das prioridades do plano de investimentos desenhado para o Litoral Norte do Estado pelo Grupo Aegea, novo controlador da Corsan. Mais de R$ 550 milhões serão investidos em programas de modernização de sistemas e equipamentos para tratamento de esgoto, recuperação ambiental, combate ao desabastecimento e redução de perdas de água. Já neste ano, deverão ser investidos R$ 84 milhões em projetos que vão melhorar a qualidade de vida de moradores e veranistas.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp