Licitação da obra da nova ponte entre São Valentim do Sul e Santa Tereza será aberta no dia 3 de julho

Estrutura foi destruída pela enchente do Rio Taquari em setembro de 2023. Custo estimado é de R$ 31,3 milhões, sendo R$ 24,4 milhões provenientes do governo federal e R$ 6,9 milhões como contrapartida do Estado

Publicado por
15:56 - 13/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Licitação da obra da nova ponte entre São Valentim do Sul e Santa Tereza será aberta no dia 3 de julho

Foto Arquivo Leouve

A informação foi confirmada pelo prefeito de São Valentim do Sul, Geri Angelo Macagnan, em um vídeo postado em uma rede social na quarta-feira (12). Após informar a data do início da licitação da nova ponte, o chefe do Executivo também relatou a torcida para que as empresas interessadas se habilitem no processo para fazer a construção. A estrutura, de extrema importância para o desenvolvimento da região, foi destruída pela enchente do Rio Taquari em setembro de 2023 e faz ligação, pelo distrito de Santa Bárbara, com o município de Santa Tereza.

A obra vai ser feita em Regime de Contratação Integrada (RCI), no qual a empresa responsável pelo projeto é a mesma que vai construir a estrutura. O custo estimado é de R$ 31,3 milhões, sendo R$ 24,4 milhões provenientes do governo federal e R$ 6,9 milhões como contrapartida do Estado.

A nova ponte terá 320 metros de extensão, representando um aumento de 51 metros em relação à anterior. Além disso, ela será mais larga e terá maior capacidade de carga.

Balsa e ERS-431

Ainda no mesmo vídeo, o prefeito também anunciou que, em conjunto com  empresa contratada pelo DAER, a desobstrução da ERS-431 deve ser realizada, até o início do próximo mês, nos trechos que ocorreram desmoronamentos em razão das chuvas que assolaram o estado em maio.

Por fim, Geri informou que a balsa, que também liga São Valentim do Sul com Santa Tereza, tem previsão de recolocação no dia 10 de julho. Módulos devem chegar no distrito de Santa Bárbara na próxima semana. A estrutura será inicialmente menor do que a anterior levada pela correnteza no início de maio. A embarcação começou a operar no início deste ano após a ponte ter sido derrubada em setembro do ano passado.

 

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp