Homem é condenado a mais de 70 anos de prisão por estupro de enteadas e sobrinha em Passo Fundo

Além da condenação, o réu terá que pagar indenização de R$ 25 mil para cada vítima, corrigido monetariamente

Publicado por
08:52 - 03/03/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Ex-árbitro é condenado a mais de 25 anos de prisão por homicídio em Caxias do Sul, após partida de futebol em Flores da Cunha

Foto ilustrativa: EBC/divulgação

O Juizado da Violência Doméstica e Familiar de Passo Fundo condenou, na quinta-feira (29), um homem a 70 anos e 07 meses de reclusão, em regime fechado, pelos crimes de estupro de vulnerável contra suas enteadas e sobrinha, praticados entre os anos de 2015 e 2021. A acusação relatou que o réu abusava das relações domésticas para cometer os crimes.

De maneira clandestina, o denunciado obrigava, individualmente, as vítimas a praticar atos libidinosos diversos mediante ameaças de morte contra elas e seus familiares. Uma das vítimas chegou a ser constrangida a manter relações sexuais.

Os crimes vieram à tona em 2021, quando o namorado de uma das ofendidas percebeu a conduta ilícita e denunciou o acusado, hoje com 30 anos, às autoridades, que o prenderam em flagrante. Com base nos depoimentos das vítimas e das investigações, diversos outros casos de abuso foram descobertos.

O juiz Alan Peixoto de Oliveira condenou o acusado a 70 anos e 07 meses de reclusão, além de ordenar o pagamento de indenização de R$ 25.000,00 para cada vítima, corrigido monetariamente.

O magistrado também ressaltou a gravidade da agressão sexual cometida no contexto de parentesco, aumentando a pena do réu.

O réu permanece preso e não poderá recorrer em liberdade.

*Informações da Rádio Uirapuru.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp