Grêmio joga mal e perde para o Bragantino por 2 a 0 no Couto Pereira

Com o resultado, o Tricolor permanece na 12ª colocação

Publicado por
22:17 - 01/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Grêmio joga mal e perde para o Bragantino por 2 a 0 no Couto Pereira

(Foto: Heuler Andrey / O Dia Esportivo / AE)

Após mais de um mês longe dos gramados pelo Brasileirão, o Grêmio retornou com uma atuação abaixo do esperado, escalando um time reserva e sendo derrotado pelo Bragantino por 2 a 0 neste sábado (01), no estádio Couto Pereira, em Curitiba. Eric Ramires abriu o placar logo aos 2 minutos de jogo, e Luan Cândido ampliou de pênalti aos 12 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Tricolor permanece na 12ª colocação, mas pode cair mais posições até o fim da rodada. O clube gaúcho volta a campo pelo Brasileirão no dia 13 de junho contra o Flamengo no Maracanã.

Primeiro tempo apático

Após golear o The Strongest (BOL) pela Libertadores, o Grêmio voltou as atenções para o Campeonato Brasileiro. O time não jogava pelo Brasileirão desde a derrota para o Bahia por 1 a 0 no dia 27 de abril, antes da paralisação devido às enchentes no Rio Grande do Sul.

Com um jogo decisivo contra o Huachipato (CHI) pela Libertadores na próxima terça-feira, o técnico Renato Portaluppi optou por uma escalação alternativa contra o Bragantino. Rafael Cabral foi o goleiro, enquanto Gustavo Martins, com contrato renovado até 2027, foi titular na zaga. Outras novidades incluíram Mayk, Edenilson, Gustavo Nunes e J.P. Galvão. Apenas Villasanti foi mantido entre os titulares. O Grêmio começou mal e foi dominado pelo adversário desde o início.

O Bragantino abriu o placar logo aos 2 minutos, quando Eric Ramires recebeu passe de Matheus Fernandes, girou sobre Gustavo Martins e finalizou com precisão. O gol abalou ainda mais o time de Renato Portaluppi, que se viu constantemente pressionado e incapaz de criar jogadas efetivas.

As poucas chances de gol do Grêmio surgiram principalmente pelo lado esquerdo com Gustavo Nunes, mas sem sucesso. Aos 26 minutos, Luan Cândido desviou uma cobrança de falta e marcou, mas o gol foi anulado por impedimento. A melhor chance do Grêmio veio aos 43 minutos, quando Fábio acertou o travessão após uma sequência de cabeceios na área.

Bragantino amplia

No segundo tempo, o Grêmio continuou sendo superado pelo adversário. Aos 12 minutos, Mosquera avançou pela esquerda e, ao tentar cruzar, a bola bateu no braço de Fábio, resultando em pênalti. Luan Cândido cobrou com categoria e fez 2 a 0 para o Bragantino.

Tentando reagir, Renato Portaluppi colocou os titulares Soteldo e Cristaldo em campo aos 15 minutos. O Grêmio melhorou, especialmente com Soteldo sendo acionado pelo lado direito, mas ainda encontrou dificuldades para finalizar. As entradas de Dodi e Galdino aos 23 minutos não trouxeram o efeito desejado.

Aos 33 minutos, Cristaldo finalizou após passe de Soteldo, mas a bola foi desviada pelo goleiro Cleiton. Quatro minutos depois, Cristaldo encontrou Villasanti na área, mas Cleiton defendeu novamente. Nos minutos finais, Soteldo tentou em uma cobrança de falta, mas Cleiton afastou o perigo, selando a vitória do Bragantino.

Ficha Técnica:

Campeonato Brasileiro 2024 – 5ª Rodada

Grêmio 0

Rafael Cabral; Fábio, Natã, Gustavo Martins e Mayk (Zé Guilherme); Villasanti, Du Queiroz (Cristaldo) e Carballo (Dodi); Edenilson (Soteldo), Gustavo Nunes e JP Galvão (Galdino).
Técnico: Renato Portaluppi.

Bragantino 2

Cleiton; Jadsom Silva (Eduardo), Pedro Henrique, Luan Cândido e Juninho Capixaba (Nathan Mendes); Matheus Fernandes (Raul), Eric Ramires e Lucas Evangelista (Gustavinho); Helinho (Vitinho), Henry Mosquera e Thiago Borbas.

Técnico: Pedro Caixinha.

Gols: Eric Ramires (2min/1°T), Luan Cândido (12min/2°T, de pênalti)

Cartões amarelos: Dodi, Villasanti e Du Queiroz (Grêmio)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC-Fifa)

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp