Governador vistoria áreas atingidas por deslizamentos em Gramado e autoridades pedem melhorias no acesso aéreo para turistas

Prefeitos da região das Hortênsias agradeceram pelos recursos emergenciais já enviados e solicitaram também a recuperação das estradas

Publicado por
20:43 - 31/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Ao lado do prefeito de Gramado Nestor Tissot, governador vistoriou parte do bairro Piratini e divisa do município com Canela - (Foto: Maurício Tonetto/Secom)

Gramado, um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Sul, foi duramente atingida pelas chuvas no início do mês, resultando em uma série de deslizamentos de terra. Nesta sexta-feira (31), o governador Eduardo Leite visitou a cidade para avaliar as áreas afetadas e se reunir com prefeitos e líderes empresariais da Serra Gaúcha. A maior preocupação é o impacto econômico das enchentes no turismo local.

“O povo brasileiro abraçou o Rio Grande do Sul, e agora é hora de o Rio Grande do Sul abraçar o Brasil. Estamos trabalhando em todas as frentes para garantir conforto, segurança e tranquilidade aos viajantes,” afirmou Leite durante a reunião na prefeitura de Gramado. “É fundamental manter empregos e renda. O turismo emprega milhares de pessoas, e as empresas precisam ter condições de manter os postos de trabalho. Estamos insistindo junto ao governo federal pela criação do Benefício Emergencial, que garantiria essas condições.”

Na audiência, prefeitos da região agradeceram ao governador pelos recursos emergenciais enviados e solicitaram a recuperação das estradas e medidas do governo federal para melhorar o acesso aéreo dos turistas. Leite ressaltou o empenho do governo estadual em auxiliar na rápida retomada dos voos no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, e em buscar alternativas, como a ampliação dos voos na Base Aérea de Canoas e melhorias nos aeroportos regionais.

“O governo tem trabalhado intensamente na liberação de rodovias bloqueadas, e vamos seguir nesse ritmo para garantir boas condições de acesso à região. É um trabalho complexo, que exige muito esforço, mas já conseguimos avançar bastante nas últimas semanas,” afirmou o governador Leite.

Encerrando sua participação na reunião, Leite destacou a resiliência dos moradores da região das Hortênsias. “Se há um lugar que tem condições de se recuperar rapidamente, é a Serra Gaúcha e a região das Hortênsias, com sua gente trabalhadora e empreendedora. Não vai ser fácil, mas tenho certeza de que é possível,” disse.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp