Estado discute demandas habitacionais dos atingidos pelas cheias no RS com setor de construção civil

Objetivo é agilizar o processo de construção das novas moradias aos desabrigados

Publicado por
08:22 - 22/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Divulgação

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul, juntamente com a Caixa Econômica Federal e representantes do setor de construção civil se reuniram nesta terça-feira (21) para trocar informações e direcionar as demandas habitacionais para atender a população afetada pelo desastre climático no Estado. O encontro ocorreu no Centro Administrativo de Contingência (CAC), em Porto Alegre.

O encontro contou com a presença do governador, Eduardo Leite, do vice, Gabriel Souza, o secretário de Habitação e Regularização Fundiária (Sehab), Carlos Gomes; o superintendente de Rede da Caixa Econômica Federal em Porto Alegre, Renato Scalabrin; a secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), Danielle Calazans; o secretário da Recuperação Gaúcha, Pedro Capeluppi; e os secretários-adjuntos da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária (Sehab), Roger Vasconcellos, e da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), Bruno Silveira. Também participaram do encontro representantes do setor de construção civil.

“Moradia digna para os atingidos pelas enchentes está entre as nossas maiores prioridades. Estamos identificando todos os pontos em que podemos trabalhar para ajudar a destravar processos e agilizar o atendimento à população na área habitacional”, destacou Leite.

Segundo o titular da Sehab, Carlos Gomes, a Secretaria dará apoio técnico para as prefeituras para agilizar a emissão das licenças dos empreendimentos de habitação. “A soma de esforços é fundamental para garantir moradia digna, o mais breve possível”, pontuou o titular da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária (Sehab), disse.

O Representante da CAIXA no Estado, Renato Scalabrin colocou a instituição a disposição para unir forças com o governo para possibilitar que as pessoas que perderam suas casas nas enchentes voltem a ter um lar.

O superintendente de Rede da Caixa Econômica Federal em Porto Alegre, Renato Scalabrin, ressaltou a disposição da instituição em unir forças com o governo para possibilitar que todas as pessoas que perderam suas casas voltem a ter um lar.

Nesta quarta-feira (22) o vice-governador se reunirá com prefeitos dos municípios atingidos para tratar da aceleração do processo de liberação dos projetos de construção.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp