Empresários apresentam reivindicações aos governos estadual e federal na abertura da Festa da Uva, em Caxias do Sul

Cartas direcionadas ao governador Eduardo Leite e ao ministro da secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, levam assinatura do presidente da CIC, Celestino Loro

Publicado por
21:22 - 14/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Débora Freitas/Arquivo CIC Caxias)

Nesta quinta-feira (15) a Serra Gaúcha recebe muitas autoridades importantes para a tradicional Festa da Uva, que acontece em Caxias do Sul, neste ano em sua 34ª Edição. Os empresários associados à Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), representada pelo presidente Celestino Oscar Loro, prepararam documentos com reivindicações de melhorias em diversos setores econômicos da cidade e região aos governos estadual e federal. Estarão presentes na abertura oficial da festa o governador do RS, Eduardo Leite, representantes do governo federal a cargo do ministro da secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, e do ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar do Brasil, Paulo Teixeira, entre outras autoridades.

As reivindicações apontadas no documento, assinado pelo presidente da CIC Caxias, salientam que as considerações e pleitos são essenciais para o desenvolvimento e crescimento econômico, social e cultural de Caxias do Sul e Região. As quais são: Gestão pública eficiente e Reforma Administrativa; Investimentos em infraestrutura e logística; Desenvolvimento econômico; Qualificação do cidadão por meio da educação; e Segurança. Esta é destinada ao governo estadual.

Já os itens citados e destinados ao governo federal estão as seguintes demandas:

  • Aprovação das reformas Administrativa e Eleitoral, essenciais para a modernização e a eficiência do Estado brasileiro e do sistema político;
  • Redução do Custo Brasil, visando diminuir as barreiras econômicas internas que limitam a competitividade das empresas nacionais;
  • Redução do déficit primário, garantindo a sustentabilidade fiscal e a estabilidade econômica do país;
  • Implementação de programas de privatizações e concessões, como meios de otimizar a infraestrutura e os serviços públicos;
  • Avanço nos marcos regulatórios, essenciais para a segurança jurídica e o estímulo ao investimento privado;
  • Fortalecimento da posição do Brasil no cenário internacional, incluindo a entrada na OCDE e a concretização do acordo entre Mercosul e União Europeia;
  • Desenvolvimento de políticas efetivas para a desoneração da folha de pagamento, adoção de programa para renovação da frota de veículos, além da implementação do novo programa Rota 2030 (Promovi);
  • Ações concretas para a melhoria da educação e formação profissional, visando à redução da carência de mão de obra qualificada e à inclusão social por meio do trabalho.

Além disso, o documento também enfatiza a necessidade de melhorias na infraestrutura logística, incluindo:

  • Continuidade da construção do novo Aeroporto Regional da Serra Gaúcha;
  • Prolongamento da BR-448 (Rodovia do Parque) até Caxias do Sul;
  • Duplicação da BR 116, entre Caxias do Sul e a divisa com Santa Catarina;
  • Implantação do modal rodoferroviário em Vacaria. Todos empreendimentos fundamentais para o desenvolvimento regional e a integração nacional.
  • Total atenção e agilidade à infraestrutura da Região, duramente afetada pelos recentes fenômenos climáticos que isolaram importantes municípios.

Leia na íntegra os documentos: Ministro Paulo Pimenta / Governador Eduardo Leite

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp