Distrito Industrial de Montenegro recebe investimento de R$ 47 milhões

Este aporte privado implica na criação de 180 novas vagas de trabalho na região

Publicado por
20:42 - 04/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Leite destacou que os investimentos são fruto das iniciativas do governo para melhorar o ambiente de negócios no RS - (Foto: Maurício Tonetto/Secom)

Um significativo investimento de R$ 47 milhões no Distrito Industrial de Montenegro foi anunciado nesta quarta-feira (3/4), pelo governador Eduardo Leite e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ernani Polo. Este aporte privado implica na criação de 180 novas vagas de trabalho na região.

Além deste anúncio, foi formalizado o termo de ajuste para seis empreendimentos por meio do Fundo Operação Empresa do RS (Fundopem). Esses projetos, que totalizam R$ 67,5 milhões em investimentos e gerarão 322 empregos diretos, agora estão aptos a usufruir dos benefícios do programa.

O governador Leite ressaltou que esses investimentos são frutos das iniciativas do governo para melhorar o ambiente de negócios no Estado. “Observamos uma escalada dos investimentos ao longo dos últimos anos, graças às reformas que fizemos e ao novo ambiente que se coloca para quem investe”, destacou.

Duas das empresas que adquiriram terrenos no Distrito Industrial de Montenegro são gaúchas, enquanto uma é do Pará. A Sulboro, que opera em Canoas e produz fertilizantes, destinou R$ 25 milhões, gerando 50 novos empregos inicialmente, com a previsão de outros 160 após um segundo investimento de R$ 47 milhões. Já a Alubar, do Pará, atuante no setor de energia, investirá R$ 16 milhões, gerando 60 empregos, visando aumentar a competitividade do grupo através da verticalização da produção de carretéis de madeira. Por fim, a Traçado Construções e Serviços, de Erechim, investirá R$ 6 milhões, criando 70 novos empregos, com foco na implantação de um centro de armazenamento de produtos químicos.

Ernani Polo destacou a relevância dos investimentos como indicativo de um ambiente favorável ao empreendedorismo no estado. “Três empresas optando por investir no nosso Estado demonstra que o governo está conseguindo criar um ambiente favorável para o empreendedorismo. Queremos que o RS seja sinônimo de oportunidade, progresso e desenvolvimento socioeconômico, um lugar propício para empresas e pessoas se estabelecerem”, afirmou.

Os investimentos através do Fundopem, assinados também nesta ocasião, evidenciam o compromisso do governo em apoiar o empreendedorismo e impulsionar a economia do Rio Grande do Sul. Este programa, que não libera recursos financeiros, oferece apoio por meio do financiamento parcial do ICMS incremental devido gerado a partir da operação das empresas.

Além disso, o Estado conta com sete distritos industriais, todos integrados ao Programa Estadual de Desenvolvimento Industrial (Proedi), que oferece incentivos atrativos para a implantação ou realocação de indústrias. Esses distritos industriais, incluindo o de Montenegro, representam mais um instrumento valioso para impulsionar o desenvolvimento industrial do Rio Grande do Sul.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp