CSG participa de treinamento para ocorrências com risco de dano ambiental

O objetivo do treinamento é qualificar os colaboradores para o manejo de acidentes com produtos perigosos e a gestão ambiental em rodovias

Publicado por
18:00 - 12/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
CSG participa de treinamento para ocorrências com risco de dano ambiental

Foto: Divulgação

Equipes da Concessionária CSG participaram de treinamento para o atendimento de ocorrências que envolvem riscos de danos ambientais. O Simulado de Vazamento de Chorume/Vazamento de Óleos Minerais e Combustíveis ocorreu na última semana e foi organizado pela Emergencial Emergências Ambientais, nas dependências da empresa Essencis, em Capela de Santana, no Vale do Caí (RS). Pela CSG participaram funcionários do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), da Engenharia de Meio Ambiente, do Setor de Operações, entre outros.

O objetivo do treinamento é qualificar os colaboradores para o manejo de acidentes com produtos perigosos e a gestão ambiental em rodovias. Para isso, foi simulado um vazamento de chorume, com instruções de como proceder em situações similares nas estradas. Inicialmente, priorizou-se o atendimento à vítima, seguido pela construção de dique de contenção. A medida visa minimizar a área de contato do produto vazado com o solo, restringindo seu escoamento em direção aos rios, lagos, mananciais ou qualquer outro corpo hídrico próximo à rodovia.

Segundo o consultor Comercial de Atendimento da Emergencial Emergências Ambientais, Júlio Cesar Manica, o propósito do simulado foi compartilhar conhecimentos teóricos e práticos a respeito de emergências ambientais.

É fundamental a participação das empresas administradoras das rodovias, como a CSG, para a gestão de sinistros, ocorrências e acidentes com potencial poluidor ambiental. Os impactos são enormes caso não haja um atendimento especializado na contenção de produtos perigosos nas rodovias”, alertou.

A capacitação apropriada da equipe possibilita que o atendimento seja realizado de maneira segura e eficaz nos acidentes envolvendo cargas perigosas, buscando sempre a minimização dos impactos ambientais decorrentes dessas ocorrências”, reforça Karina Barros, engenheira Ambiental da CSG.

Sobre a concessão da CSG

O conjunto de estradas da CSG representa 271,5 km de concessão no Vale do Caí e Serra Gaúcha. Desde 1º fevereiro de 2023, a empresa é responsável pela administração e manutenção de trechos da RSC-453 (km 101,43 ao 121,41), BR-470 (km 220,50 ao 233,50) e RSC-287 (km 0 ao 21,49), além da totalidade da ERS-122 (km 0 ao 168,65), ERS-446 (km 0 ao 14,84) e ERS-240 (km 0 ao 33,58).

Fonte: Assessoria de Imprensa

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp