Confirmadas mais cinco mortes em Caxias do Sul e Bento Gonçalves em consequência do temporal

Com isso, são quatro vítimas fatais e quatro desaparecidos em Caxias. Em Bento, corpos de casal foram encontrados e filha segue desaparecida

Publicado por
22:29 - 03/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Confirmadas mais cinco mortes em Caxias do Sul e Bento Gonçalves em consequência do temporal

Equipes trabalham na remoção dos escombros na localidade de Galópolis, após forte temporal - (Foto: Andreia Copini)

Mais seis mortes – três em Caxias do Sul e duas em Bento Gonçalves –, provocadas pelo temporal que atingiu a Serra Gaúcha ao longo da semana, foram confirmadas nesta sexta (3).

De acordo com informações do Capitão Vinícius Manfio, do 5º Batalhão de Bombeiro Militar, que coordena as operações de buscas em Galópolis, uma quarta vítima de um soterramento que atingiu sete pessoas na manhã de quinta (2) foi localizada na noite de hoje. As identidades não foram reveladas. Outras três pessoas que teriam sido atingidas pelo deslizamento seguem desaparecidas.

Com isso, são quatro mortes em Caxias do Sul até o momento, todas em Galópolis. A primeira vítima, localizada ainda na quinta, foi Leandro Fortes Carvalho, 52 anos, cuja residência foi atingida pela queda de barreira. Uma quarta pessoa desaparecida se refere a outra ocorrência, também na localidade: uma senhora de 80 anos que foi vista sendo arrastada pela correnteza do Arroio Pinhal, conforme os bombeiros.

Parte da BR-116, de acesso à Galópolis, parcialmente destruída – (Foto: Andreia Copini/Prefeitura Caxias do Sul)

Pais e filha morrem — Em Bento Gonçalves, três pessoas de uma mesma família foram atingidas quando a residência do casal foi destruída por um deslizamento no distrito de Faria Lemos. Artemio Cobalchini, o Neco, 72 anos, e sua esposa, Ivonete Cobalchini, 62 anos, tiveram os corpos localizados pelas equipes de resgate na tarde de hoje. A filha deles, Natália Cobalchini, 27 anos, segue desaparecida. Pelo fato do imóvel ter sido arrastado por mais de 300 metros na encosta do Rio das Antas, contudo, há pouca esperança dela ser encontrada com vida.

Família morta em Faria Lemos. A jovem era advogada em Bento Gonçalves e estava visitando os pais há poucos dias — (Foto: Redes Sociais/Reprodução)

Com as confirmações, são três mortes registradas em Bento Gonçalves. Luiz Carlos Schutkovski, 71 anos, morador de Vale Aurora, foi identificada como a primeira vítima fatal na tarde quinta. Seu corpo foi encontrado após desmoronamento ocorrido no Vale Aurora, onde ele residia.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp