Cerca de 440 pessoas ainda estão fora de suas residências em Gramado

Cinco ruas da cidade continuam bloqueadas; famílias estão abrigadas em pavilhões de suas escolas

Publicado por
14:23 - 27/11/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Prefeitura de Gramado)

Os danos causados pelas fortes chuvas em Gramado segue em atualização no número de desabrigados e de prejuízos pela cidade. A prefeitura municipal, juntamente com equipes da Defesa Civil, Bombeiros e técnicos do município, prestam o assessoramento para direcionar as ações às famílias atingidas.

Na manhã desta segunda-feira (27), especialistas em geologia e geotecnia, o Centro de Apoio Científico em Desastres (CENACID) e a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil se reuniram com a secretária do Meio Ambiente, Cristiane Bandeira, o secretário do Planejamento, Rafael Bazzan e o coordenador da Defesa Civil de Gramado, Cássio Júnior, para discussões técnicas, proposição de ações e ainda para vistorias nos locais de risco.

Veja os números atualizados em 27/11/2023 às 12h30

Bairro Altos da Viação Férrea: Três casas interditadas na quarta-feira (22), na Travessa Locomotiva, devido ao risco que queda de barreira.
Bairro Prinstrop: Uma residência interditada na quarta-feira (22) devido ao risco de deslizamento.
Bairro Três Pinheiros: Todas as residências interditadas no domingo (19) devido ao risco de deslizamento de terras.
Bairro Piratini, na Rua Nelson Dinnebier: 23 residências interditadas devido a rachaduras e deslizamento de terras, além de três veículos soterrados com perda total no sábado (18).
ERS-115: Uma residência interditada junto a antiga Famastil no sábado (18) devido ao risco de deslizamento de terras.
Rua Ladeira da Azaleias, no bairro Planalto: Interdição de todas as edificações da rua a partir do número 444, sendo uma residência, o Condomínio Residencial Ana Carolina e o Condomínio Residencial Don Felipe: Evacuado no sábado (18) devido ao risco de deslizamento de terras.
Rua Alameda das Rosas, no bairro Planalto: Duas residências interditadas na terça (21).
Linha Caboclo, na Rua Moreira: Cinco residências interditadas na terça-feira (21) devido a rachaduras nas casas e risco de queda de barreira.
Linha Marcondes baixa: Dois óbitos causados por soterramento no sábado (18).

Número total de pessoas fora de suas residências: Cerca de 440 pessoas
Número total de famílias fora de suas residências: Cerca de 155 famílias

Número de pessoas em abrigos montados pela Prefeitura de Gramado: 15 abrigados no Pavilhão da Escola Senador Salgado Filho, no bairro Piratini, e 30 no Pavilhão da Escola do bairro Altos da Viação Férrea.

Ruas bloqueadas:

– Estrada da Linha Tapera: Liberada apenas para veículos leves.

– Ladeira das Azaléias: Totalmente bloqueada para a passagem de veículos e pessoas.

– Miguel Tissot, na Várzea Grande: Liberada durante o dia quando houver tempo bom.

– Linha Caboclo, Rua Moreira: Totalmente bloqueada.

– Estrada na Linha 28: Interditada na altura do Ecoparque Sperry.

As principais vias de acesso à cidade já foram liberadas. A área central do município não foi atingida e as atividades turísticas, comerciais e de eventos, bem como a programação do 38º Natal Luz de Gramado, ocorrem normalmente.

A Administração Municipal, por meio da Defesa Civil e todas as suas secretarias, segue trabalhando com determinação para auxiliar a população gramadense nas demandas. Corpo de Bombeiros, Brigada Militar e Polícia Civil atuam em conjunto com a Prefeitura. Para emergência, ligue Corpo de Bombeiros (54) 98434-8064 ou Defesa Civil (54) 99629-6160.

Crédito: Ascom/PMG

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp