Valores do fundo PIX para auxílio aos atingidos pelas enchentes começam a ser distribuídos pela Diocese de Caxias do Sul

Até agora, as doações das paróquias e comunidades da Diocese, além de contribuições de outras regiões do Brasil, somaram R$ 1.053.000,00

Publicado por
06:30 - 11/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Diocese de Caxias do Sul

Foto: Felipe Padilha

A comissão formada pela Diocese de Caxias do Sul, encarregada de gerir os recursos destinados ao fundo de auxílio e cuidado dos atingidos pelas chuvas e enchentes, se reuniu na primeira semana de julho para avaliar projetos e direcionar valores. Até agora, as doações das paróquias e comunidades da Diocese, além de contribuições de outras regiões do Brasil, somaram R$ 1.053.000,00.

Em maio, a Coordenação de Pastoral, junto com o bispo Dom José Gislon e a Cáritas Diocesana, organizou uma reunião virtual com os padres, solicitando que os párocos formassem comitês paroquiais para visitar os locais afetados pelo desastre climático nas cidades da Diocese. Esses grupos foram encarregados de enviar projetos com os devidos orçamentos para a alocação dos recursos.

O coordenador de Pastoral da Diocese de Caxias do Sul, padre Leonardo Inácio Pereira, em vídeo, agradeceu pela generosidade das doações e informou que a conta para doações via PIX (e-mail [email protected]) permanece aberta. Ele explicou que estão em contato com as paróquias para repassar os recursos destinados à compra de materiais de construção, eletrodomésticos e outros itens necessários para ajudar as famílias atingidas a reconstruírem suas vidas e apoiar comunidades que perderam tudo.

Padre Leonardo detalhou o processo de trabalho da equipe diocesana, enfatizando que o dinheiro não é entregue diretamente às famílias. Em vez disso, a equipe paroquial realiza um levantamento e envia um relatório ao comitê diocesano, que decide sobre os valores a serem repassados à paróquia solicitante. A paróquia, então, é responsável pelas compras, pagamentos e prestação de contas.

“Pedimos às paróquias que enviem o formulário de solicitação de recursos. Até agora, estamos atendendo 100% das solicitações das comunidades e paróquias que pediram ajuda para suas famílias”, afirmou ele.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp