Sete cães em situação de maus-tratos são resgatados em Caxias do Sul

A dona dos animais, uma mulher de 37 anos, não foi encontrada na residência localizada no bairro Presidente Vargas

Publicado por
18:29 - 29/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Sete cães em situação de maus-tratos são resgatados em Caxias do Sul. (Foto: Fabiano Provin / Divulgação)

Sete cães em situação de maus-tratos são resgatados em Caxias do Sul. (Foto: Fabiano Provin / Divulgação)

Na manhã desta quinta-feira (29), fiscais da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA) de Caxias do Sul, com o apoio da Polícia Civil da 3ª Delegacia Distrital, cumpriram uma ordem judicial para verificar uma denúncia de maus-tratos a animais no bairro Presidente Vargas, Zona Leste da cidade.

A operação teve origem no Departamento de Proteção Animal (DPA) da SEMMA, que, após tentativas frustradas de acessar a residência em questão sem a presença da moradora, solicitou a intervenção judicial. A moradia, localizada na Rua Getúlio Vargas, revelou condições deploráveis no térreo, com fezes espalhadas pelo chão. No local, foram encontrados sete cães em situação de abandono.

A proprietária dos animais, uma mulher de 37 anos, não foi localizada durante a ação. Vizinhos relataram aos agentes que ela é dependente química e frequenta o local apenas algumas vezes por semana. Registros policiais indicam que a mesma tem antecedentes por ameaças. Uma intimação foi deixada pelos agentes, concedendo à denunciada um prazo para se apresentar às autoridades.

Os cachorros não apresentavam sinais de desnutrição, pois vizinhos se mobilizavam para fornecer ração e água aos animais. Dois dos cães já possuíam microchip, enquanto os outros cinco foram microchipados no local pela médica veterinária do setor de Fiscalização da SEMMA.

Os cães, agora sob a guarda de vizinhos, serão cuidados até serem encaminhados para adoção. O inquérito conduzido pela Polícia Civil resultará no indiciamento da denunciada ao Ministério Público (MP-RS) por maus-tratos.

MAUS-TRATOS

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp