Ponte sobre o Rio Piaí, em Caxias do Sul, é interditada devido a risco de queda

A medida foi tomada após equipes de monitoramento identificarem sérios danos na estrutura

Publicado por
23:25 - 09/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Ponte sobre

Foto: Ederson de Oliveira

A ponte sobre o Rio Piaí, localizada na Estrada Municipal Claudino Antônio da Costa entre Fazenda Souza e Santa Lúcia do Piaí, foi interditada pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos (SMOSP) devido ao risco iminente de queda. A medida foi tomada após equipes de monitoramento identificarem sérios danos na estrutura.

Valter Guerra, engenheiro civil responsável pelo Departamento Técnico de Infraestrutura da SMOSP, explicou que a ponte apresenta danos significativos no pilar central e rachaduras em grande parte do tabuleiro. Esses problemas colocam a estrutura em grave perigo de colapso, justificando a interdição para preservar a segurança pública.

Recentemente, as barreiras de concreto instaladas para alertar os motoristas sobre o bloqueio da ponte foram removidas, aumentando ainda mais o risco de acidentes. Guerra fez um apelo à população para que colabore não removendo essas estruturas de bloqueio, essenciais para evitar situações perigosas.

O processo de reparo da ponte envolve a contratação de uma empresa especializada, atualmente na fase de elaboração do projeto. Qualquer modificação na estrutura poderá prolongar ainda mais o tempo necessário para as obras, visto que os danos estão se agravando rapidamente.

“Utilizar a ponte neste estado é extremamente arriscado e coloca vidas em perigo”, alertou Guerra.

Ponte já havia sido interditada em junho

A Secretaria de Obras e Serviços Públicos (SMOSP) de Caxias do Sul interditou nesta a ponte sobre o Rio Piaí, nas divisas entre Fazenda Souza e Santa Lúcia do Piaí no último dia 27 de junho, uma quarta-feira. A decisão foi tomada após uma inspeção realizada pelo engenheiro Valter Guerra, que identificou um grave dano em um dos pilares da estrutura, apresentando um risco iminente de queda.

 

 

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp