Obras de implantação de redes de esgoto avançam no bairro São Pelegrino, em Caxias do Sul

O Samae reforça que, após a implantação da rede coletora de esgoto, o usuário deve ligar a tubulação da sua casa à rede pública da autarquia

Publicado por
17:03 - 24/08/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Obras de implantação de redes de esgoto avançam no bairro São Pelegrino, em Caxias do Sul

(Foto: Felipe Vargas / Divulgação)

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) dá continuidade à obra de implantação de redes de esgotamento sanitário no bairro São Pelegrino e arredores, em Caxias do Sul. A obra teve início em março de 2022 e, até o momento, já foram implantados 4.234,60 metros de tubos de PVC de 150 mm, o que representa 22% do total já executado. Em um investimento de R$ 8 milhões, serão instalados, até setembro de 2023, mais de 18 mil metros de extensões de rede do tipo separador absoluto que irá transportar o esgoto gerado para ser tratado na ETE Tega.

A obra segue nas ruas Bento Gonçalves, entre as ruas La Salle e Ministro Toledo e as ruas Cel. Pena de Moraes e José do Patrocínio; rua Vinte de Setembro, entre as ruas Ministro Toledo e Feijó Júnior; rua Benevenuto Formighieri, entre as ruas Ministro Toledo e La Salle; rua Viúva Maria Bisoli Tonini, entre as ruas Henrique Cia. e Nico Peres; Av. Júlio de Castilhos, entre as ruas Coronel Flores e Feijó Júnior; e rua Feijó Júnior, entre a Av. Júlio de Castilhos e rua Pinheiro Machado. A faixa da esquerda da rua Feijó Júnior, esquina com a Av. Júlio de Castilhos e o trecho da Av. Júlio de Castilhos em direção ao bairro São Pelegrino, entre as ruas Coronel Flores e Feijó Junior, estão bloqueados.

Esse é mais um investimento da autarquia para alcançar a meta do Marco Legal do Saneamento Básico, que estabelece que até dezembro de 2033 os municípios brasileiros tratem 90% do esgoto gerado, além de fornecer água potável para 99% da população. O Samae reforça que, após a implantação da rede coletora de esgoto, o usuário deve ligar a tubulação da sua casa à rede pública da autarquia.

A empresa responsável pela obra é a Construtora CFO Ltda.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp