Fórum da Mulher Caxiense promove ato na Praça Dante Alighieri contra o PL do aborto

Manifestação, que ocorre na sexta (21), é uma contrariedade ao projeto de Lei que propõe tornar crime de homicídio o aborto realizado após 22 semanas de gestação

Publicado por
06:00 - 20/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Paulo Pinto/Agencia Brasil)

O Fórum da Mulher Caxiense está organizando um ato de protesto contra o Projeto de Lei 1904 (PL 1904), que pode ser votado em breve no Congresso Nacional. O projeto propõe tornar crime de homicídio o aborto realizado após 22 semanas de gestação, incluindo casos em que a gravidez é resultado de estupro de menores. A manifestação ocorrerá nesta sexta-feira (21), a partir das 16h, na Praça Dante Alighieri.

Segundo o PL 1904, qualquer pessoa que realizar um aborto após 22 semanas de gestação poderá ser condenada a até 20 anos de prisão. Em contraste, a pena máxima para o estuprador seria de 10 anos. Atualmente, no Brasil, desde 1940, o aborto é permitido em três circunstâncias: quando a gravidez resulta de estupro; quando há risco de vida para a mulher; ou em casos de anencefalia fetal, onde o feto não desenvolve o cérebro.

As estatísticas mostram que as principais vítimas de estupro no país são crianças e adolescentes menores de 14 anos. O Fórum da Mulher Caxiense enfatiza que “Criança não é mãe! Estuprador não é pai!”, destacando a urgência de proteger os direitos e a saúde das mulheres e meninas.

“Não ao retrocesso! Não ao PL 1904! Porque crianças não são mães! Porque a vida das mulheres importa!”, declara o Fórum em seu comunicado, convidando toda a comunidade a se unir ao ato de protesto. A concentração está marcada para as 16h e a ideia é que a manifestação continue até à noite.

Serviço:

  • O que: Ato contra o PL 1904
  • Quando: sexta-feira, 21 de junho, a partir das 16h
  • Onde: Praça Dante Alighieri, Caxias do Sul

Contato:

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp