Em data simbólica, selo comemorativo aos 150 anos da imigração italiana é lançado em Caxias do Sul

Há 70 anos, com a presença do então presidente Getúlio Vargas, Monumento Nacional ao Imigrante foi inaugurado durante a Festa da Uva

Publicado por
12:23 - 28/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Em data simbólica, selo comemorativo aos 150 anos da imigração italiana é lançado em Caxias do Sul

Fotos: Diego Pereira/ Grupo RSCOM

O dia 28 de fevereiro marca uma data histórica para Caxias do Sul. Há 70 anos, com a presença do então presidente Getúlio Vargas, o Monumento Nacional ao Imigrante foi inaugurado durante a Festa da Uva. A escultura do casal de imigrantes homenageia as mais variadas etnias que contribuíram e contribuem até hoje para o desenvolvimento da região. A estátua, em bronze, levou cinco anos para ser confeccionada.

No local, em alusão à data, ocorreu na manhã desta quarta o lançamento do selo comemorativo aos 150 anos da imigração italiana no Rio Grande do Sul e a assinatura do decreto que instituiu a comissão executiva das celebrações no município. O grupo será formado por integrantes da poder Executivo, Universidade de Caxias do Sul, Consulado Honorário Italiano em Caxias do Sul, Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL), Comitato Deli Italiani All’Estero e Associação Piccola Itália de Caxias do Sul. A presidência do grupo será da UCS. “A colonização foi exitosa, por isso celebramos“, afirmou o reitor Gelson Rech no evento de lançamento.

Foto: Ícaro de Campos

Diversas ações estão previstas entre março deste ano e dezembro de 2025. Encontros de coros típicos da cidade, concertos musicais, filós, publicações literárias e festas populares constam na programação. O reitor relatou a grande responsabilidade da instituição na presidência do grupo, contudo, ressaltou que nada será feito sozinho. Ele ressaltou as comemorações como uma construção coletiva, com a participação de mais de 40 entidades que integram a comissão organizadora.

Vamos fazer uma entrega celebrativa, a altura dessa epopeia; 15o anos recontados não é uma atividade simples, por isso precisamos dessa coletividade. Hoje já temos listadas mais de 100 ações. O espírito é fazer eventos que sejam mais comunitários e menos solitários“, descreveu.

Durante o evento, a Prefeitura também informou que em breve deve ser divulgado o projeto de restauro do Monumento e que o museu local permanecerá aberto após o término da 34ª Festa da Uva.

 

 

 

Leia também: Banheiros no Monumento Imigrante, em Caxias do Sul, permanecerão fechados por tempo indeterminado 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp