Ecossistema regional de inovação celebra meetup do South Summit Brazil em Caxias do Sul

Novidade deste ano, as discussões são preparatórias ao evento, que acontece em Porto Alegre, de 20 a 22 de março

Publicado por
13:45 - 24/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Ecossistema regional de inovação celebra meetup do South Summit Brazil em Caxias do Sul

Ecossistema regional de inovação celebra meetup do South Summit Brazil em Caxias do Sul

Mais de 100 pessoas ligadas à área de inovação participaram nesta sexta-feir, dia 23, no Instituto Hélice, em Caxias do Sul, do Meetup Regional do South Summit Brazil (SSB). O evento, uma novidade desta edição do SSB, busca expandir as discussões sobre inovação e empreendedorismo em todo o Estado.  O South Summit Brazil terá sua terceira edição entre 20 e 22 de março, em Porto Alegre. Correalizado pelo governo do Estado, o SSB busca fomentar a conexão entre startups, empresas e fundos de investimentos globais, gerando oportunidades de negócios e relações de alto valor.

Abrindo os debates, o CEO do South Summit Brazil, Thiago Ribeiro, apresentou números do evento, frisando os nomes de palestrantes confirmados e destacando as novidades desta edição. Entre elas, a ampliação da área construída e útil com a integração de mais um armazém do Cais Mauá ao espaço do evento, que chegará a 38 mil m². Sete palcos estarão distribuídos em quatro armazéns, expandindo a experiência de conteúdo e o conforto do público. “Estamos crescendo, porque, para o evento ser melhor, ele precisa ser maior. Vamos entregar muita qualidade para o nosso público”, disse Thiago.

Um dos palcos do evento é o RS Innovation Stage, espaço destinado ao governo gaúcho e que conta com curadoria da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict). Além desta iniciativa, a titular da pasta, Simone Stülp, falou sobre o Rotas da Inovação e sua relação com os meetups regionais que acontecem neste ano, bem como o objetivo do South Summit Brazil.

 “O papel do governo é importantíssimo na construção destes eventos e ações. Trabalhamos a força dos diferentes atores da quádrupla hélice (governo, academia, iniciativa privada e sociedade civil), cada um com seu papel. São estratégias que nos permitem fazer as conexões necessárias para construir e consolidar a inovação”, destacou.

Outro ponto importante do SSB são as ações afirmativas sobre inclusão e diversidade. Serão desenvolvidas 12 ações sociais, com base nas seguintes premissas: alinhamento com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU); envolvimento de diferentes grupos sociais; impacto social e ambiental; e atividades físicas e digitais. “Essas ações de inclusão acontecem antes, durante e têm continuidade após o South Summit Brazil. Queremos que o evento tenha esse impacto social duradouro”, disse a chefe de gabinete da Secretaria Extraordinária de Inclusão Digital e Apoio às Políticas de Equidade, Cristina Viana.

O presidente do Conselho de Governança do Instituto Hélice, João Paulo Ledur, destacou a importância da iniciativa para a região.

“Temos o objetivo de fazer conexões, promover o desenvolvimento para a nossa cidade e região, agora com um foco mais especial aos micro e pequenos empreendedores”. Um painel sobre mobilidade elétrica, setor que se destaca em termos de inovação na região da Serra Gaúcha, fechou os debates do dia.

Rotas da Inovação Especial  

Os debates regionais sobre inovação, empreendedorismo e South Summit Brazil seguem pelo interior gaúcho na próxima semana. Capão da Canoa e Panambi recebem o Rotas da Inovação – edição especial nos dias 27 e 29 de fevereiro, respectivamente. As inscrições estão abertas e são gratuitas.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp