Depois de 4 anos, desfiles de Escolas de Samba retornam em Caxias do Sul

Desfiles não eram realizados desde 2020, enquanto a competição entre escolas não ocorre há 8 anos

Publicado por
16:59 - 15/01/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Depois de 4 anos, desfiles de Escolas de Samba retornam em Caxias do Sul

Foto: Marina De Conto

Os desfiles das Escolas de Samba de Caxias do Sul vão retornar neste ano. As entidades não se apresentavam desde de 2020, quando os desfiles que antecediam a pandemia eram realizados. No próximo dia 9 de fevereiro, uma sexta feira, as festividades começam ás 19h. A Rua Plácido de Castro, em frente à Maesa, no bairro Exposição, foi o local escolhido para a festividade.

Na ocasião, vão desfilar a Associação Cultural e Esportiva Acadêmicos XV de Novembro, Escola de Samba Unidos do É o Tchan, Escola de Samba Acadêmicos Pérola Negra e Associação Cultural Esportiva São Vicente. Não haverá concurso, portanto não vai existir um vencedor.

A secretária de Cultura de Caxias, Cristina Calcagnotto, se diz muito feliz com a volta dos desfiles. A secretária cita que esta confiante que o desfile será um importante movimento para diversos setores da cidade.
“Nós estamos muito felizes de poder estar dando mais esse passo, porque é um assunto que nos é muito caro e então nós estamos muito confiantes de que vai ser um grande momento para a cidade e, de novo, não só para as escolas, para as agremiações, mas para as comunidades, para o fortalecimento do movimento comunitário e de um entendimento dessa manifestação popular tão alegre, coletiva, feliz e que é tão característica e orgânica aqui do nosso país”, disse a secretária.

O representante das Unidades Carnavalescas de Caxias do Sul, Cassiano Fontana, cita a questão do fomento a cultura como um destaque da realização dos desfiles. Cassiano ressalta, principalmente, a importância para as escolas de samba do município, que com os desfiles permanecem sempre ativas.

“A importância é o fomento, né? A importância é a gente saber, né? Conviver na diversidade, não só na questão humanitária, mas a diversidade cultural, né? De respeitar, ser respeitado e conseguir entender a importância de conhecer outras culturas, né? Apesar de algumas pessoas não gostarem, a gente tem o livre abrito, né, de gostar ou não, de querer ou não, mas de entender, né, que isso é alegria, é formação, porque quando você conta uma história, você traz uma letra de melodia, você traz uma comunidade, que às vezes fica ali meses ensaiando pra uma apresentação, isso pra mim, né, não tem… Isso não tem preço, tem valor, né? Então, a gente tá muito contente com essa volta, né? Importância cultural de tudo isso”, afirma Cassiano.

O Carnaval de Caxias do Sul 2024 é fruto do co-investimento do Fundo de Apoio à Cultura e Secretaria da Cultura do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Conta com o apoio da União das Associações de Bairros de Caxias do Sul (UAB), da Associação dos Amigos da Maesa (AMaesa) e do Instituto Samba.

A programação completa pode ser conferida aqui

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp