Codeca celebra o Dia da Merendeira

Comemora-se neste 30 de outubro o dia das “tias da cozinha”, donas do chá milagroso que cura qualquer problema

Publicado por
14:30 - 30/10/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Codeca celebra o Dia da Merendeira. (Foto: Fabiana de Lucena)

Codeca celebra o Dia da Merendeira. (Foto: Fabiana de Lucena)

Neste dia 30 de outubro comemora-se o Dia da Merendeira. A Codeca celebra a data com esses profissionais no seu quadro de colaboradores. No total, são 186 merendeiras que trabalham em 83 escolas da rede municipal de ensino e outros quatro pontos administrativos da Secretaria Municipal da Educação (SMED), atendendo a mais de 34 mil estudantes e cerca de 3,5 mil servidores.

A Codeca assumiu como prestadora dos serviços de alimentação e higiene na rede municipal de ensino em julho de 2022. Por meio de um processo seletivo emergencial foram contratados 432 profissionais. No início de 2023, a Codeca realizou um concurso público para o preenchimento destas vagas.

Agora como funcionários concursados, os profissionais comemoram. “É tranquilizador. Antes não sabíamos quando íamos receber. Todo mês deixávamos a escola para ir na empresa, no sindicato, em busca do salário sem saber se iam pagar. Agora é tudo pago certinho!”, conta Rochele Casagrande, 50 anos, merendeira na EMEF Rosário de São Francisco.

Sua fala é reverberada pela vice-diretora da manhã, Eliane Soares Frigeri. “Agora não tem a ansiedade de antes, é tudo estável, tudo pago em dia. Houve tempo que os professores precisaram servir a merenda, porque elas (as merendeiras) tinham que sair pra buscar o pagamento, sem saber se iam receber. Essas equipes tem um papel primordial nas escolas, junto com as crianças, as professoras, suas comidas feitas com amor e carinho”, avalia. Também da Rosário, Jane Preto, de 61 anos, merendeira desde 2014.

(Foto: Fabiana de Lucena)

(Foto: Fabiana de Lucena)

O prefeito Adiló Didomenico, incentivador do novo ramo de atuação da Codeca, lembra que a decisão de passar o serviço de merenda e zeladoria das escolas municipais para a Companhia teve o objetivo de acabar com o sofrimento dos trabalhadores e garantir o bom atendimento às escolas da rede.

“Essa angústia vinha se arrastando, sem saber se seriam pagos, se iam receber tudo ou só uma parte, se conseguiriam honrar as contas do mês. E com a Codeca, resolvemos também uma situação que terminava por prejudicar os estudantes, professores e funcionários da rede municipal. Sabemos que para muitos deles, aquela refeição oferecida pelo município é a mais importante, quando não, a única do dia. Então, é um serviço que não pode ter falha”, afirma.

Pelo lado da Companhia, a diretora-presidente Maria de Lourdes Fagherazzi avalia o novo serviço. “É importantíssimo! Além de garantir que os direitos trabalhistas sejam pagos devidamente aos trabalhadores, garantir a segurança psicológica que isso traz. Assim, o profissional pode concentrar-se no que realmente importa: fazer uma alimentação saudável e gostosa para os alunos”, destaca.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp