Banco de Alimentos de Caxias do Sul faz apelo por doações para preparação de marmitas e sanduíches

Além de Caxias, rede de 15 cozinhas voluntárias atende mais seis municípios

Publicado por
20:10 - 10/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Ícaro de Campos

Em meio à crise desencadeada pelas recentes enchentes que assolaram o Rio Grande do Sul, uma rede de solidariedade tem se formado em Caxias do Sul, com o propósito de alimentar equipes de trabalho, socorristas e famílias afetadas pela calamidade. Guiando essa iniciativa está Guilherme Mena, um cidadão local que lidera a organização e logística das cozinhas com dois objetivos principais: evitar o desperdício de comida e atender ao maior número possível de pessoas necessitadas.

Atualmente, são 15 cozinhas trabalhando em conjunto, com capacidade para produzir diariamente 20 mil sanduíches e 7 mil marmitas. Essa ação solidária se estende não apenas a Caxias do Sul, mas também a municípios vizinhos como Roca Sales, Muçum, Nova Aparecida, São Sebastião do Caí, Estrela e Cruzeiro do Sul.

A vice-prefeita de Caxias do Sul, Paula Ioris, descreve essa iniciativa como uma “linda corrente” que está se consolidando e que merece ser aprimorada. Para planejar as ações futuras, uma reunião foi realizada na tarde desta sexta-feira (10/05) no Salão Nobre da Prefeitura de Caxias, com a presença de Guilherme Mena, representantes da diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria Municipal de Agricultura (SMAPA), do secretário Valmir Susin, da Fundação de Assistência Social (FAS) e da Defesa Civil.

No entanto, apesar dos esforços conjuntos, as cozinhas enfrentam desafios significativos, especialmente a escassez de insumos e a incerteza sobre a duração das operações. Guilherme relatou que são necessários mais de 80 mil pães, uma tonelada e meia de queijo e presunto, além de mais de 50 mil guardanapos apenas para a próxima semana.

O Banco de Alimentos, que fornece os insumos para as cozinhas, está enfrentando dificuldades devido à falta de doações. Os alimentos não perecíveis acabam sendo destinados às cestas básicas para as famílias afetadas, mas muitas delas ainda não têm condições de cozinhar devido à falta de gás, luz ou estarem desalojadas.

Diante dessa situação, o apelo por doações é urgente. O Banco de Alimentos de Caxias do Sul está localizado na Rua Jacob Luchesi, 3.181, junto à Ceasa Serra. Para aqueles que desejam contribuir ou estabelecer conexão com a rede de cozinhas, podem entrar em contato pelo telefone (54) 99902-6972 com Guilherme Mena.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp