Canal de denúncias contra abuso de preços recebe 200 reclamações em 24 horas após enchente no RS

Fiscalização flagrou um caminhão-pipa vendendo água a R$ 380 o metro cúbico, sete vezes acima do valor praticado antes da enchente, que era de R$ 60

Publicado por
22:25 - 08/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Fotos: Ministério Público do Rio Grande do Sul

Nos primeiros 24 horas desde sua implementação, o novo canal de denúncias contra abuso de preços registrou aproximadamente 200 reclamações. A medida foi uma resposta imediata diante das preocupações crescentes com a prática de preços abusivos após a tragédia climática que assolou o Rio Grande do Sul.

A fiscalização conjunta realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRS), Polícia Civil, Procon estadual e Procon de Porto Alegre resultou na identificação de um caso alarmante: um caminhão-pipa vendendo água a R$ 380 o metro cúbico, sete vezes acima do valor praticado antes da enchente, que era de R$ 60.

O comerciante responsável por essa prática abusiva foi autuado pelo Procon e agora enfrentará investigação conduzida pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS). Um inquérito civil será instaurado para apurar todas as circunstâncias envolvidas nesse caso.

Esse episódio ressalta a importância do canal de denúncias e da atuação conjunta das autoridades para coibir abusos de preços e garantir que a população não seja explorada em um momento tão delicado como este após a tragédia climática.

DENÚNCIAS PODEM SER FEITAS PELO E-MAIL:

[email protected]

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp