SAMU auxilia no resgate de mais de 500 vítimas das fortes chuvas em Bento Gonçalves

Dentre as pessoas resgatadas com apoio do SAMU, pelo menos 41 precisaram de internação hospitalar

Publicado por
09:51 - 31/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
SAMU auxilia no resgate de mais de 500 vítimas das fortes chuvas em Bento Gonçalves

Foto: Divulgação

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) é uma das forças que tem trabalhado nas operações de resgates às vítimas das fortes chuvas em Bento Gonçalves. Desde o início dos resgates, no dia 1° de maio, as equipes participaram do atendimento médico de 544 pessoas, sendo 219 por terra e 325 por meio de aeronaves, com o pouso ocorrendo no aeroclube.

Ao longo das últimas semanas foram resgatadas um total de 1052 pessoas, registrados 10 óbitos, e quatro pessoas seguem desaparecidas no município. O SAMU participou de operações de resgate de pelo menos 53% das vítimas. Dentre elas, pelo menos 41 pessoas precisaram de internação hospitalar.

O quadro do SAMU local é composto por por 12 médicos, 15 enfermeiros, 10 técnicos de enfermagem e 13 condutores socorristas, que acompanharam as operações junto aos bombeiros para a realização dos procedimentos médicos. Em cada novo resgate realizado pelo Corpo de Bombeiros, a equipe prestava apoio, através da ambulância, por terra, e quando necessário, com o auxílio de um helicóptero para o transporte aéreo.

As viaturas contam com materiais de suporte básico, intermediário ou avançado, cada equipe com perfil de atendimento conforme complexidade das vítimas. Para os atendimentos das vítimas das fortes chuvas, todas equipes estavam equipadas com medicamentos, materiais para imobilização de possível fratura, oxigênio, materiais para aquecimento das vítimas, com mantas térmicas, cobertas e solução aquecida para infusão. Além dos materiais de rotina para aferição dos sinais vitais, intubação.

“Tenho certeza de que a atuação incansável das equipes em nosso Município, a partir das fortes chuvas iniciadas no final do mês de abril, com os posteriores desmoronamentos, foram imprescindíveis para que não houvessem mais desfechos negativos”, afirmou Thyago Anzolin Coser, Coordenador médico do SAMU de Bento Gonçalves.

A coordenadora do SAMU de Bento, Melissa Bonatto, esteve participando ativamente das ações, e destaca o empenho que as equipes tiveram nos resgates.

“Mostramos o que é um povo de garra, determinado e que não tem medo de se expor ao perigo, ainda mais se por trás de uma queda de barreira, existem vidas esperando”, disse a coordenadora.

Ainda de acordo com Melissa, o atendimento a múltiplas vítimas é complexo, por conta da variedade de perfis que elas podem ter.

“É fundamental estudar muito, ter um conhecimento muito aprofundado e expertise para ter a melhor conduta. Posso dizer também que nós saímos ainda mais fortes desse enorme desafio, vamos seguir buscando cada dia mais a excelência em todos os pacientes assistidos por nós”, declarou.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp