Oposição se alinha para apresentar chapa à Prefeitura de Bento Gonçalves

Cresce a possibilidade da Paulo Caleffi (PSD) e Rafael Pasqualotto (PL) formarem a composição para enfrentar o prefeito Diogo Siqueira (PSDB)

Publicado por
14:50 - 22/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Os partidos que hoje estão fora do governo em Bento Gonçalves se realinharam e pretendem formar chapa para enfrentar o atual prefeito, Diogo Segabinazzi Siqueira (PSDB), que busca o segundo mandato à frente do Executivo municipal.

O anúncio oficial só deve acontecer na terça-feira (25). Porém, uma fonte confirma uma cogitação que ganhou corpo na cidade nas últimas semanas: o atual presidente da Câmara de Vereadores, Rafael Pasqualotto (PL) se aproximou do empresário Paulo Caleffi (PSD), visto como sério candidato à cabeça de chapa.

Caleffi tem carreira consolidada na iniciativa privada, como administrador de empresas e vinha se mantendo fora dos holofotes da disputa municipal, mas sempre é mencionado entre os possíveis candidatos na eleição de outubro. Ele foi o segundo mais votado quatro anos atrás – fez 15.65 votos contra 19.105 obtidos por Siqueira. Em 2018, ficou como primeiro suplente como deputado federal, com 32 mil votos, assumindo mandato quando o titular, Danrlei Hinterholz, se licenciou para se tornar secretário de Esportes do RS.

A tentativa de formação de uma chapa oposicionista na cidade começou há mais de dois anos e estava sendo encabeçada pelo ex-vereador do PSDB, Gilmar Pessutto, que acabou ingressando no União Brasil. Com a recente adesão do União Brasil ao governo municipal, a frente de oposição precisou se reorganizar. Além dos dois partidos mencionados (PL e PSD) a chapa deve ter ainda o apoio do MDB, Republicanos, PDT e possivelmente do Novo.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp