Homem morre após atendimento médico na UPA de Bento Gonçalves

Evandro sofreu uma parada cardiorrespiratória fulminante enquanto deixava a Unidade de Pronto Atendimento

Publicado por
20:47 - 13/12/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Uma visita à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bento Gonçalves se transformou em tragédia para a família de Evandro Lemes Romagna, de 31 anos. Na noite da última terça-feira, 12/12, o homem procurou a UPA devido a fortes dores no corpo que persistiam desde o período da tarde. Contudo, a busca por socorro acabou em luto, quando Evandro faleceu logo após ser liberado pelo médico plantonista.

Evandro, que já havia sentido mal-estar durante o expediente de trabalho, dirigiu-se à UPA acompanhado por sua esposa. Por volta das 23h, ele relatou ao médico de plantão dores no peito, acompanhadas de formigamento nas mãos, sintomas que o afligiam desde o meio dia. O profissional medicou-o com dexametasona, diazepan e tramadol, medicamentos para alívio da dor.

Posteriormente, Evandro foi encaminhado para um segundo médico, que o atendeu aproximadamente uma hora após a administração dos medicamentos. O paciente teria informado que os sintomas haviam desaparecido, sendo então liberado para retornar para casa.

No entanto, ao deixar a UPA, Evandro sofreu uma parada cardiorrespiratória fulminante. Socorrido imediatamente, foi levado de volta para a unidade de saúde, onde acabou falecendo nas primeiras horas da madrugada desta terça-feira. O corpo de Evandro foi sepultado na manhã de hoje, 13/12.

Foto: Arquivo Leouve

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp